Suspeito de matar policial é solto por falta de indícios para prisão em flagrante, em Fortaleza

0
O soldado da PM Antônio Cardone Rodrigues Júnior, 34 anos, foi morto a tiros ao reagir uma tentativa de assalto no Bairro Quintino Cunha, em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal

O homem havia sido preso momentos após o latrocínio. Ele foi autuado em flagrante por latrocínio, mas teve o relaxamento de prisão definido nesta terça-feira.

Um homem de 27 anos suspeito de envolvimento na morte do policial militar Antônio Cardone Rodrigues Júnior, 34 anos, vítima de latrocínio na madrugada desta segunda-feira (31) em Fortaleza, foi solto nesta terça-feira (1º). Ele havia sido preso momentos após o latrocínio, sendo autuado em flagrante.

Conforme a decisão a soltura do suspeito se deu por causa da ausência de indícios suficientes de ter participado do crime. Um adolescente envolvido na ação foi capturado, mas atingido por um tiro. Ele morreu enquanto era atendido em unidade hospitalar. Antes, contudo, chegou a dizer as características do outro suspeito aos agentes de segurança.

A própria Polícia Civil pediu o relaxamento da prisão afirmando que "as informações prestadas pelo adolescente antes de morrer não se confirmaram no decorrer da investigação, tendo sido constatado que o comparsa do menor não era o autuado, e sim uma pessoa de compleição física magra, que não se assemelha com o conduzido", explica o trecho da decisão.

Investigações da 11ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Ceará, especializada em apurar crimes contra profissionais de segurança, apontam que a vítima estava em um veículo na companhia de uma mulher, quando indivíduos abordaram o carro e anunciaram assalto. O policial reagiu e houve troca de tiros entre ele e os criminosos.

Um dos suspeitos, um adolescente de 17 anos, foi atingido. Foi ele quem disse à polícia o local para onde o comparsa dele havia fugido. A mulher que estava com o policial também levou um tiro no abdômen e está internada em um hospital. O policial não resistiu aos ferimentos e morreu.

Buscas

Após receberem informações sobre o local onde o segundo suspeito poderia estar, policiais militares lotados no Comando de Policiamento de Choque (CPChoque) e no 18º Batalhão da PMCE realizaram as diligências e conseguiram efetuar a prisão.

O capturado já possui antecedentes criminais por homicídio doloso e por porte e posse ilegal de arma de fogo, foi capturado em um imóvel na comunidade do Sossego, no Quintino Cunha, e conduzido para a sede do DHPP, onde foi ouvido. Na unidade policial, ele foi autuado em flagrante por latrocínio. Já o adolescente, mesmo encaminhado a uma unidade hospitalar, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Por g1 CE

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !