Lacen de Juazeiro do Norte é capacitado para diagnóstico laboratorial de meningite

Foto: Fátima Holanda

Uso de tecnologia reduz gradativamente a necessidade de deslocamento de pacientes para Fortaleza

A descentralização do diagnóstico laboratorial é uma das estratégias que fortalecem a saúde pública. A iniciativa tem sido reforçada pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), por meio do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Em mais recente avanço, a unidade do laboratório em Juazeiro do Norte foi capacitada para análises laboratoriais de alta complexidade, como o diagnóstico para casos suspeitos de meningite na região.

Com isso, reduz-se gradativamente a necessidade de deslocamento de pacientes para Fortaleza. “Podemos, assim, subsidiar a assistência e as ações da Vigilância em Saúde de forma mais assertiva”, afirma a diretora da rede de laboratórios da Sesa, Liana Perdigão Mello.

O diagnóstico molecular das meningites (bacterianas e virais), por meio da técnica de PCR, possibilita maior qualidade nas tomadas de decisão em vigilância no sul cearense. O progresso é visto com entusiasmo pela superintendente da Região de Saúde do Cariri, Tereza Cristina. “É, certamente, um ganho importante para a região porque nos possibilitará uma resposta mais rápida, permitindo um controle maior, evitando o aumento da transmissão”.

Além de apto para o diagnóstico de meningites, a tecnologia adquirida pela Sesa para a Rede Lacen, incluindo o Lacen Cariri, permite a detecção, pela metodologia PCR, de 21 vírus causadores de doenças respiratórias.

Entre 2019 e 2021, 24 amostras foram enviadas pelos municípios da região para análise no equipamento da Capital. “O que mostra a importância de ter esse diagnóstico mais próximo dos casos, visto a rapidez com que a doença pode se desenvolver”, pontua Liana Perdigão.

  • Vacinação

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Pode ser causada por vírus ou bactérias. Esta última apresenta casos com maior gravidade.

A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação. O imunizante é um dos disponíveis na Campanha Nacional de Multivacinação, que segue até 30 de novembro.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !