Com presidente e vice afastados, Câmara Municipal de Juazeiro do Norte deverá ter novo presidente

Legenda: Câmara Municipal de Juazeiro deverá ter novo presidente, interinamente

Os dois parlamentares foram afastados dos mandatos em operação que investiga jogo do bicho

Vereadores de Juazeiro do Norte, o maior município do Interior do Estado, terão que fazer mudanças no comando da Câmara Municipal, após a agitação que ocorre desde o início da manhã desta quinta-feira(18). 

A movimentação é por conta da decisão judicial que determinou afastamento do presidente da Câmara, Darlan Lobo, e do 1º vice-presidente, Capitão Vieira.

Ambos, que comandam o Legislativo municipal, são opositores do prefeito Glêdson Bezerra (Podemos). Esta coluna apurou que até o fim desta manhã nem os parlamentares envolvidos nem o comando técnico da Câmara se pronunciaram ou procuraram outros vereadores para tratar do assunto.

Os afastamentos são parte de uma operação da Polícia Civil  que cumpre 97 mandados judiciais contra 52 investigados em suposta organização criminosa de exploração do Jogo do Bicho, no Cariri, Centro-Sul do Ceará e na Capital. 

Ao todo, seis vereadores e servidores públicos foram afastados das funções na região, três deles em Juazeiro do Norte.

Foto: Ilustração

Com o afastamento de três membros, a primeira providência será a convocação de suplentes para o exercício do mandato parlamentar. 

Como os afastamentos são temporários, pela ordem de composição da Mesa Diretora, o 2º vice-presidente, William Bazílio, o ‘Bilinha’, deve assumir o comando da Casa. 

O presidente afastado, Darlan Lobo, é opositor do prefeito do município, Gledson Bezerra, que tem tido dificuldade na articulação na Casa.

O parlamentar que assume agora é contabilizado pela liderança do Executivo como sendo da base aliada. Um cenário, portanto, mais favorável ao prefeito. 

DETALHES DA OPERAÇÃO PÚBLIO VATÍNIO

  • 43 mandados de busca e apreensão;
  • Cinco de medidas cautelares diversas da prisão (monitoramento eletrônico);
  • Seis de afastamento das funções públicas (vereadores e servidores públicos);
  • 43 mandados de sequestro criminal para apreender veículos, imóveis, bloqueio de contas bancárias e fundos de investimento.

Escrito por Inácio Aguiar/Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !