Roubos de cargas apresentam redução de 34% em 2021 no Ceará

Foto: Reprodução/SSPDS

Entre janeiro e setembro de 2021, o Ceará reduziu em 34,1% o número de roubos de cargas, em comparação com os nove primeiros meses do ano passado. Os dados foram coletados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a partir de registros feitos nas delegacias da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE).

Ao todo, foram registradas 29 ocorrências no período deste ano, contra 44 casos nos nove meses de 2020. Somente em setembro de 2021, os roubos de cargas, caracterizado como Crime Violento contra o Patrimônio (CVP), apresentaram retração de 25%, saindo de quatro para três casos.

“A queda nos índices mostra a efetividade de um trabalho de investigação e indiciamento dos autores dos crimes. Ao tomar conhecimento das ocorrências, agimos imediatamente para identificar os infratores e recuperar a carga. O trabalho ágil para coibir (os delitos) reprime a prática”, explica o delegado adjunto Rafael Biazi, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE).

Na última terça-feira (19), uma ação rápida das Forças de Segurança resultou na recuperação de uma carga de eletroeletrônico, que havia sido roubada, horas antes no município de Maracanaú, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12) do Estado. Durante a ofensiva policial, cinco homens envolvidos no delito e um veículo utilizado na ação foram localizados pela Polícia Militar do Ceará (PMCE). A partir das capturas, a PC-CE deu continuidade às investigações e chegou ao local onde o material estava escondido.

Crimes Violentos contra o Patrimônio

A melhoria nos índices de roubo de carga acompanha a redução de CVPs em todo o Ceará. O dado inclui todos os tipos de roubos, com exceção de latrocínios. Os dados da Geesp apontam redução de 11% no acumulado entre janeiro e setembro de 2021, quando aconteceram 36.424 casos, contra 40.938, nos nove meses de 2020.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !