Suspeito de ser um dos líderes da facção Guardiões do Estado-GDE, em Várzea Alegre é morto com cerca de 20 tiros

Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Anderson Bezerra Gonçalves, de 26 anos, que era apelidado por “Dandinho” morto com cerca de 20 tiros nesta sexta-feira, dia 03 de setembro de 2021, em Várzea Alegre- Foto: Arquivo/Agência Caririceara.com

Anderson Bezerra Gonçalves, de 26 anos, que era apelidado por “Dandinho” morto com cerca de 20 tiros nesta sexta-feira, dia 03 de setembro de 2021, em Várzea Alegre- Foto: Arquivo/Agência Caririceara.com

Vitima era suspeito de ser mandante de uma série de atentados criminosos ocorridos em setembro de 2019, em Várzea Alegre.

Um homem monitorado por tornozeleira eletrônica, suspeito de ser um dos líderes da facção Guardiões do Estado – GDE, e de crimes contra a incolumidade pública, foi executado com cerca de 20 tiros na manhã desta sexta-feira (03), em Várzea Alegre/CE. O homicídio ocorreu por volta das 09 horas, no interior de uma fabrica que funciona na Rua Luiz Nogueira Lacerda, no Bairro Alto do Tenente.

O ajudante de metalúrgica, Anderson Bezerra Gonçalves, de 26 anos, que era apelidado por “Dandinho” que residia na Rua Maria Dilma de Morais, bairro Varjota, naquele cidade se encontrava no seu local de trabalho momento em que foi surpreendido a tiros, atingindo na região da cabeça, tórax e braços morrendo no local. Testemunhas disseram a Polícia, que dois indivíduos desconhecidos chegaram numa motocicleta modelo Bros preta, de placa não anotada, ambos trajando camisas de mangas longas de cor amarela, e de armas em punho, anunciaram um assalto, em seguida se dirigiram em direção da vítima e passaram a efetuar vários disparos contra a mesma. No momento da fuga os atiradores ainda efetuaram disparos em alguns veículos que se encontrava em frente a fábrica para depois empreenderam fuga tomado rumo ignorado.

SAIBA MAIS

A polícia de Várzea Alegre informou que consulta no site da SSPDS, constatou que Anderson Bezerra já respondia por crimes contra a incolumidade pública, e atualmente era monitorado por tornozeleira eletrônica, além de ser suspeito de ser um dos líderes da facção Guardiões do Estado – GDE, em Várzea Alegre/CE. No local a Polícia Civil recolheu vinte cartuchos de pistola calibre 380, bem como, alguns objetos pertencentes a vítima. O corpo de Anderson Bezerra foi encaminhado a PEFOCE de Iguatu.

Diligências foram realizadas pela Policia Militar de Várzea Alegre, bem como foram solicitado apoio aos Destacamentos Policiais Militares dos municípios circunvizinhos, no intuito localizar, identificar e prender os autores deste delito, contudo, até o fechamento dessa matéria nenhum suspeito foi localizado. Vale ressaltar que nas proximidades do local do crime, existem câmeras de segurança, que poderão auxiliar a Policia Civil nas investigações.

Reportagem de Jota Lopes/Agência Cariri Ceará

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !