Filhote de gato-do-mato é resgatado pelos bombeiros em quintal de casa em Tauá, no Ceará

Filhote de gato-do-mato foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros no quintal de uma casa em Tauá, no interior do Ceará. — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação.

Animal faz parte da menor espécie de felino do Brasil, possuindo porte e proporções corporais semelhantes ao gato doméstico.

Um filhote de gato-do-mato-pequeno (Leopardus tigrinus) foi resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros no quintal de uma casa no Bairro Alto Nelândia, na cidade de Tauá, no interior do Ceará. A corporação divulgou o resgate nesta segunda-feira (2).

O animal resgatado faz parte da menor espécie de felino do Brasil, possuindo porte e proporções corporais semelhantes ao gato doméstico (Felis silvestris catus). Além disso, na lista nacional de espécies ameaçadas, o gato-do-mato-pequeno foi considerado como vulnerável.

Segundo os agentes, o filhote resgatado será encaminhado para um zoológico e com isso ele perde o seu papel na natureza, tanto para reprodução quanto para equilíbrio da cadeia alimentar.

Isso acontece, conforme os bombeiros, porque os filhotes adquirem aprendizado de caça e sobrevivência com a mãe, por isso só podem ser soltos novamente na natureza caso venha a ter algum programa de reintrodução e monitoramento que comprove que será bem-sucedida sua soltura no habitat.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, o resgate de filhotes é relativamente comum, pois caçadores matam a mãe na tentativa de domesticar o animal e acabam desistindo, optando por abandonar ou entregar para os órgãos responsáveis. Além disso, as pessoas retiram os animais da natureza por falta de conhecimento.

Prevenção

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará resgataram 5.217 animais silvestres em 2020. — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) resgatou 5.217 animais silvestres em 2020. Já em 2019, foram 3.919 resgates.

Os animais silvestres são protegidos pela Lei dos Crimes Ambientais e os bombeiros destacam os cuidados que se devem ter ao encontrar um animal destes.

"Primeiro, mantenha sempre distância do animal; não tente capturá-lo para não ferir ou machucá-lo. Em seguida, acione uma equipe do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate, ligando o número 193. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados".

No caso de animais silvestres em vias de tráfego de veículos, os bombeiros orientam aos condutores que reduzam a velocidade ou parem o veículo. "Assim, poderá evitar acidentes e não machucar o animal, na maioria dos casos, levando-o a morte".

Também é importante cercar cacmbas e valas para garantir a segurança dos animais. "... recomendamos que os poços, valas e cacimbas devem estar cercados, sinalizados e tampados para se evitar situações de acidentes. Os animais são curiosos e não tem noção do perigo".

Por G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !