Segundo suspeito de participação em latrocínio contra ciclista em Crato é preso quase cinco meses após crime

Neudivanho Ferreira da Silva foi preso na manhã desta quinta-feira (01), ao se apresentar na 19ª DRPC do Crato acompanhado de um advogado.

Crime ocorreu no dia 08 de fevereiro de 2021 no bairro Barro em Crato. As buscas para prender o terceiro suspeito continuam, inclusive a Polícia Civil realiza abordagens a veículos de transportes coletivo e particulares, bem como em estradas e terminais rodoviários da região do cariri.

Quase cinco meses após o crime, mais um dos suspeitos do latrocínio (Roubo seguido de morte) contra o ciclista, José Flaviano Nunes Feitosa, 45 anos o “Velinha filho Zé de Zumba” como era mais conhecida a vítima, foi preso pela Polícia Civil.

O jovem, Neudivanho Ferreira da Silva (Foto acima) chegou a se apresentar na manhã desta quinta-feira (01), na Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato com um advogado. Contra ele existe um mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Crato como resultado da investigação que apurou o crime.

Neudivanho foi o segundo suspeito a ser preso pelo latrocínio. Na tarde da sexta-feira (25) de junho, já havia sido capturado, José Natanael Frazão Bispo. A prisão ocorreu na residência dele no Conjunto Nossa Senhora da Penha, bairro Novo Crato,  em cumprimento a determinação judicial e efetuada por policiais civis do Núcleo de Combate a Roubos e Furtos da Delegacia Regional do Crato.

Clidevaldo Pereira da Silva procurados pela Polícia do Crato por crime de Latrocínio (Roubo seguido de morte) FOTO REDES SOCIAIS

O terceiro investigado pelo crime,  Clidevaldo Pereira da Silva continua foragido desde quando a Polícia Civil elucidou o latrocínio, e descobriu o envolvimento dele na ação criminosa. As buscas para prendê-lo continuam inclusive a Polícia Civil realiza abordagens a veículos de transportes coletivo e particulares, bem como em estradas e terminais rodoviários da região do cariri.

O latrocínio aconteceu no dia 08 de fevereiro de 2021, quando os infratores espancaram a vítima e subtraíram da mesma, um aparelho de telefonia celular, uma bicicleta e outros objetos.

José Flaviano Nunes Feitosa, o “Velinha filho Zé de Zumba” vítima de latrocínio (Roubo seguido de morte) em Crato. FOTO REDES SOCIAIS

José Flaviano não resistiu às lesões e foi a óbito nove depois das agressões. Como resultado da investigação, todos os pertences foram recuperados e entregues a familiares do ciclista assassinado, bem como os três suspeitos identificados. E após representação, José Natanael, Neudivanho e Clidevaldo tiveram prisão preventiva decretada pelo poder judiciário.

Fonte: Agência Cariri Ceará

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !