Operação em Baixio prende dois vereadores e afasta 41 por fraude

Foto: Reprodução

A operação “Amigos do Rei” prendeu, preventivamente, o presidente da Câmara, Raimundo Amaurílio, e o ex-vereador Francisco Bernardo por fraude em concurso público.

No município de Baixio, o que vale é ser amigos dos políticos locais. Pelo menos, é o que concluiu a operação “Amigos do Rei”, que já prendeu, no dia 8, preventivamente, o presidente da Câmara, Raimundo Amaurílio, e o ex-vereador Francisco Bernardo. Eles são acusados de participar de fraude num concurso público realizado em 2019.

Administradores da Consultoria e Estudos Pedagógicos (CONSEP), responsável pelo concurso, também, são alvos da investigação e podem ter o mesmo destino, a prisão. A investigação que levou à suspensão do concurso e o afastamento de todos 41 empossados, foi do Ministério Público do Estado.

O promotor João Eder Lins, afirma na denúncia que há provas concretas de que 70% do resultado do certame foi alterado; documentos sobre os outros 30% foram destruídas. As notas dos aprovados foram alteradas. É um caso de boca na botija.

Reportagem de Madson Vagner/É-Política

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !