Jardineiro do Crato passa 15 anos e 4 meses preso na PIRC sem mandado de prisão.

Cícero José de Melo passou 15 anos, 4 meses e 20 dias em regime fechado (Guto Vital/Agência Miséria)

Em 18 de novembro de 2005, Cícero José de Melo foi preso. Na época, Cícero trabalhava como jardineiro e morava no bairro São José, em Crato, com a esposa e cinco filhos. Em 1º de janeiro de 2009, ele foi transferido para a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC), localizada em Juazeiro do Norte.

Durante os 15 anos, 4 meses e 20 dias que Cícero passou em regime fechado, ele alegou inocência para as pessoas com quem tinha contato. Neste mês de abril, o caso do jardineiro chegou ao conhecimento dos advogados Roberto Duarte e Romulo Sthefanio, que ao buscar maiores informações, descobriram não haver registro de mandado de prisão, inquérito policial, ou sequer processo criminal.

Na última quarta-feira (07) o advogado Roberto Duarte peticionou o requerimento da certidão carcerária de Cícero José de Melo. Uma vez que não foi localizada a “razão” para “manutenção do cárcere”, como descrito na decisão da juíza Maria Lúcia Vieira, Cícero recebeu o alvará de soltura no dia seguinte (08).

  • Assista a entrevista completa e entenda o caso:


image host

Sarah Gomes/Agência MIséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !