Right

items



Kirim

Crenças, mitos e fé são foco de novo episódio da série Sotaque Cearense

Legenda: Estátua de Padre Cícero, localizada na Colina do Horto, em Juazeiro do Norte - Foto: Kiko Silva

No capítulo, disponível no canal do Youtube do Diário do Nordeste, especialistas e religiosos comentam sobre elementos fundamentais do Ceará.

Fé e tradição. Pilares da cultura cearense, as manifestações de espiritualidade no estado são registradas desde o período de colonização do Brasil. Além disso, os mitos, lendas e causos fantásticos também compõem a identidade regional dos moradores do Ceará, por meio das histórias passadas por gerações. 

As crenças, lendas, mitos e fé locais foram os temas principais do terceiro episódio da série Sotaque Cearense, exibida pela TV Diário durante as quartas-feiras de junho, às 21 horas. No programa, especialistas e representantes de diferentes manifestações espirituais dialogam sobre elementos que são particulares do cearense.

"A antropologia chama os mitos de sistemas modelizantes. Eles vão modelando nossa  compreensão dos sentidos da vida, dos sentidos da história, dos sentidos de tudo no mundo, pois para tudo tem uma narrativa mítica que é exemplar como modelo", comenta Tadeu Feitosa, especialista em cultura popular e um dos entrevistados do programa.  

Um dos focos do programa é na cultura indígena, exemplificada por meio da tribo tapeba, situada no município de Caucaia. Para os habitantes do local, a espiritualidade está ligada à mãe natureza, aos antepassados, à cantoria e outros elementos tradicionais, como artesanato e pintura corporal. Segundo a Pajé Raimunda Tapeba, líder da tribo, ensinar aos mais jovens sobre a cultura original do povo é fundamental para a formação dos indivíduos. 

“Os povos indígenas do Ceará ainda vivem a sua religiosidade, suas práticas religiosas, suas crenças. Vamos encontrar o toré, práticas umbandistas nas comunidades indígenas. Existem comunidades indígenas nas quais a igreja evangélica está inserida. Eles vivem

plenamente sua fé no Ceará”, comenta Jean dos Anjos, antropólogo especialista em religião.

As lendas urbanas do estado são destacadas no episódio, com a participação do jornalista e historiador da cultura popular Tarcísio Matos. O especialista comenta lendas como a da perna cabeluda, do lobisomem do Ceará e da loira do banheiro. “A crença nesses costumes, nessa tradição, oral e escrita, é um recurso de trazer do passado para o presente coisas que dizem respeito aos nossos costumes, nossa cultura, nossa formação, jeito de ser.”

RELIGIÃO 

Segundo estado com a maior comunidade católica do Brasil, o Ceará possui raízes profundas no cristianismo. No período da colonização, jesuítas e franciscanos foram responsáveis por disseminar a fé católica no povo. Tal elemento pode ser visto nas cidades do interior do estado, por exemplo, onde a localização da maioria dos centros é marcada por uma igreja. As escolas católicas dos séculos passados foram instrumentos que uniam a fé com o aprendizado da população.

A forma com a qual o cearense se relaciona com a religião também é abordada no programa. Um dos exemplos é o Padre Cícero que, mesmo sem jamais ter sido canonizado pela Igreja Católica, é considerado santo na região do Cariri, com procissões que atraem fiéis de todo o Brasil. 

“O carisma dele, ligado à política que ele fazia na região, e ainda o fato extraordinário do milagre da hóstia, transformou o Cariri num celeiro de religiosidade popular”, ressalta Jean dos Anjos.

SÉRIE SOTAQUE CEARENSE

Dividido em cinco episódios, o seriado Sotaque Cearense retrata diferentes aspectos da regionalidade do estado. Nos capítulos anteriores, foram abordadas a culinária local e as manifestações culturais do Ceará. Todos os episódios ficarão disponíveis no canal do Youtube do Diário do Nordeste. 

A série Sotaque Cearense tem o apoio da Universidade de Fortaleza, patrocínio da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e realização da TV Diário.   

Escrito por Agência de Conteúdo DN

0/Post a Comment/Comments

Nos Stories

Cabeçalho dentro post 01

Cabeçalho dentro post 02