Professora é morta ao tentar defender filha de ataque de ex-genro em Acaraú, no interior do Ceará

0
Maria de Jesus Veríssimo era professora da rede municipal de educação de Acaraú. — Foto: Reprodução

O homem foi preso neste domingo e autuado por feminicídio consumado e tentado, além de lesão corporal.

A professora Maria de Jesus Veríssimo de Souza, 47 anos, de Acaraú, no interior do Ceará, foi assassinada na madrugada deste domingo (28), ao tentar defender a filha de um ataque a faca do ex-companheiro da jovem. A filha e o pai dela também foram feridos pelo suspeito do crime. O homem foi preso pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) e não teve a identidade divulgada.

A apuração do crime indica que o homem foi à casa da ex-companheira, de 24 anos, com a intenção de matá-la com uma faca. Maria de Jesus e o esposo tentaram socorrer a filha, mas foram atacados pelo homem.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), algumas pessoas ajudaram a socorrer a família a uma unidade de saúde, mas a mãe não sobreviveu. Não há informações sobre o estado de saúde de pai e filha.

O suspeito foi conduzido à Delegacia Municipal de Bela Cruz e autuado por lesão corporal e feminicídio consumado e tentado. Ele já tinha antecedentes criminais por lesão corporal dolosa.

Maria de Jesus era professora efetiva da rede municipal de Acaraú. A prefeitura emitiu nota de pesar pela morte da educadora, lamentando o fato e se solidarizando com a família. "Nossos sentimentos e orações a Deus para que dê o conforto nesse momento tão difícil", escreveu o município em uma rede social.

Por g1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

image host

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top