Grandes eventos de Réveillon estão proibidos no Ceará, anuncia Camilo Santana

0
Legenda: Camilo Santana e Marcos Gadelha anunciam as mudanças no decreto estadual - Foto: Reprodução

Decisão foi divulgada nesta sexta-feira (26) após reunião do comitê científico

O governador Camilo Santana proibiu a realização de grandes festas de Réveillon no Estado do Ceará. O anúncio ocorreu, nesta sexta-feira (26), após reunião do comitê científico que analisa os números da pandemia. 

Camilo explicou que só serão permitidos eventos sociais com capacidade de até 2.500 pessoas em locais fechados e 5.000 em ambiente abertos. A previsão é de que a ampliação do público ocorra a partir de 16 de dezembro. A comprovação do esquema vacinal completo também será exigido. 

CARNAVAL

Sobre o carnaval, Camilo afirmou que deverá "seguir o mesmo rumo", porém a decisão será tomada posteriormente.

POSIÇÃO DO GOVERNADOR 

No último domingo (21), Camilo já tinha se manifestado nas redes sociais contra a realização dessas festas e também do Carnaval. O governador explicou na ocasião que eventos festivos com grandes aglomerações necessitam que os participantes comprovem o esquema vacinal completo.

Na segunda-feira (22), o chefe do executivo estadual ainda detalhou sua posição. “Minha posição individual é contrária a qualquer tipo de festa que não haja controle absoluto em relação ao acesso. Estamos falando de espaços abertos que vão aglutinar 100 mil, 200 mil, 500 mil pessoas”.

NOVO DECRETO

O novo decreto vai permitir que estabelecimentos que ainda mantém restrições de capacidade ampliem atendimento para 1005 do público desde que exijam o passaporte da vacina.

EVENTOS SOCIAIS 

Os eventos sociais no Estado estão liberados para ocorrer mediante o comprovante do esquema vacinal completo por pessoas acima de 12 anos. Até o dia 30 de novembro, o público liberado é de 2.000 pessoas em locais abertos e 1.200 em locais fechados.

A terceira fase de liberação da capacidade dos eventos socias prevê o aumento de público para 3.000 pessoas em locais abertos e 2.000 em locais fechados. 

Escrito por Nayana Siebra/Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top