Dois homicídios no Cariri e uma vítima de afogamento neste fim de semana

Eduardo foi morto a tiros e Caio Rafael vítima de afogamento em Juazeiro, enquanto Márcio Ravel assassinado em Mauriti (Foto: Reprodução)

Segundo levantamento feito pelo Site Miséria uma morte aconteceu na noite de sexta-feira, outra na tarde de domingo e mais uma na madrugada desta segunda-feira.

Caiu de quatro para três o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram dois homicídios e um caso de afogamento com dois corpos de Juazeiro e outro de Mauriti. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria uma morte aconteceu ainda na noite de sexta-feira, outra na tarde de domingo e mais uma na madrugada desta segunda-feira.

Por volta das 23h30min de sábado o presidiário que usava tornozeleira eletrônica Eduardo Cordeiro de Lima, de 30 anos, em frente à sua casa na Rua Samuel Barbosa (Antonio Vieira) em Juazeiro por dois homens numa moto. Ele respondia por lesões corporais, porte de arma de fogo, roubo, homicídio e já tinha sido vítima de vários atentados à bala. No dia 17 de janeiro de 2010, no bairro Antonio Vieira, matou a tiros Gilson Mendes dos Santos, de 31 anos, na porta de um bar.

Já às 15 horas de domingo o vendedor Caio Rafael Palácio Alexandre, de 22 anos, morreu afogado no açude Por do Sol do Barro Branco (Bairro Vila Três Marias) em Juazeiro. Ele residia na Rua 4 Quadra C do Minha Casa Minha Vida no bairro Betolandia e tinha seguido com amigos para tomar banho no reservatório. O mesmo sabia nadar e tentou atravessar o açude quando faltou fôlego e terminou se afogando, sendo o corpo retirado por militares do Corpo de Bombeiros.

Às 02h30min da madrugada desta segunda-feira Márcio Ravel da Silva de Lima, de 27 anos, que residia no bairro Novo Mauriti, foi morto a tiros por dois homens que se aproximaram numa moto de cor escura já atirando. O crime aconteceu na Rua Marechal Floriano perto de sua casa e próximo a um posto de gasolina. Ele respondia por lesão corporal, porte de arma de fogo e era suspeito de envolvimento com drogas no primeiro homicídio de novembro em Mauriti e o quarto do ano no município.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !