Covid-19: Barbalha intensifica medidas restritivas após receber alerta "altíssimo"

Na véspera do feriado de 12 de outubro, equipes da prefeitura intensificaram fiscalização em balneários(foto: Divulgação/Prefeitura de Barbalha)

O comitê de enfrentamento da doença na cidade se reunirá nesta quarta-feira, 10, para estudar quais medidas devem ser tomadas. Uma barreira deve ser instalada na rodoviária para monitoramento da variante Delta

As ações de vigilância epidemiológica da Covid-19 serão intensificadas em Barbalha, município da região do Cariri, com instalação de barreira sanitária na rodoviária da cidade para monitoramento da variante Delta. A decisão acontece após a classificação da cidade com nível de alerta “altíssimo” para a pandemia, conforme índice da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

A informação foi confirmada pelo coordenador da vigilância sanitária do município, Carlos Henrique Albuquerque, em entrevista ao repórter Guilherme Carvalho, da rádio CBN Cariri. O gestor disse que o comitê de enfrentamento à doença se reunirá nesta quarta-feira, 10, para estudar a adoção de medidas mais restritivas, que podem entrar em vigor com publicação de decreto no próximo domingo, 14.

Barbalha tem níveis preocupantes da taxa de letalidade de Covid-19, entre os indicadores que entram no cálculo para o risco estabelecido pela Sesa. Com percentual de 50%, o indicador representa a proporção do número de mortes e o total de doentes no período analisado. Já em relação aos outros indicadores que compõem o nível de alerta, como a quantidade de leitos UTI-Covid ocupados, o risco é baixo.

No total, 177 habitantes de Barbalha morreram e 7.098 foram contaminados em decorrência da Covid-19, conforme dados do IntegraSUS consolidados na tarde desta terça-feira, 9. Em relação ao avanço da imunização, 36.060 barbalhenses completaram o esquema vacinal, com aplicação das duas doses ou dose única contra a doença. O número equivale a 58,5% da população, conforme projeção para 2021 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Barbalha, Juazeiro do Norte e outros sete municípios do Cariri registram nível de alerta “altíssimo”, conforme dados compilados no IntegraSUS, plataforma de monitoramento da Sesa, referentes ao período das semanas epidemiológicas 43 e 44, entre o dia 24 de outubro e o último sábado, 6 de novembro.

Já o Crato, segunda maior cidade da região, com 133 mil pessoas, está em nível de alerta moderado. Na macrorregião do Cariri, os leitos de UTI e enfermaria para Covid-19 estão com ocupação de 27,5% e 16,7%, respectivamente, segundo o IntegraSUS. Em todo o Estado, 54 municípios estão em risco “alto” ou “altíssimo”. Em julho deste ano, eram 121 cidades com alerta “altíssimo” no Estado.

Autor Leonardo Maia/O Povo Online

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !