Covid no Cariri: Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha iniciam aplicação da D3

Foto: Ascom/Juazeiro do Norte

Mais de três mil doses já foram aplicadas em idosos e profissionais da saúde

Os municípios cearenses Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, que formam a Região Metropolitana do Cariri, conhecido popularmente como Crajubar, já iniciaram a aplicação da terceira dose (D3) para profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos. No total, os três municípios somam 3.492 doses de reforço aplicadas no público prioritário. A campanha, que teve início no começo do mês de outubro, deve avançar para pessoas imunossuprimidas nas próximas semanas.

Em Juazeiro do Norte, a 489 quilômetros de Fortaleza, a aplicação da terceira do D3 contra a Covid-19 vem sendo destinada aos profissionais da saúde e aos idosos institucionalizados. A imunização começou no último dia 13 de outubro. Conforme orientações do Ministério da Saúde, para receber a dose de reforço, é necessário esperar o intervalo de seis meses desde a aplicação da última dose, ou seja, a segunda dose da vacina (D2). Na campanha da D3, estão sendo aplicadas doses da vacina da Pfizer/BioNTech. 

No município, até esta segunda-feira, 25, foram aplicadas 1.783 doses referentes à dose de reforço. Segundo informações da coordenadora de imunização de Juazeiro do Norte, Ana Luiza Leite, em entrevista à rádio CBN Cariri, a expectativa é que o avanço da faixa etária ocorra conforme o público presente nos hospitais seja vacinado.

“Aos poucos nós estamos avançando, vacinamos os idosos institucionalizados nas ILP’S (Instituições de Longa Permanência), após isso nós seguimos para idosos acamados e pacientes imunossuprimidos também, da mesma forma com os profissionais da saúde. A gente inicia pelos hospitais que estão na linha de frente e parte para as demais”, informa a coordenadora.

De acordo com o último Vacinômetro, divulgado pela Prefeitura de Juazeiro, a cidade já aplicou 304.610 doses da vacina contra a Covid-19. Desse total, 183.773 doses são referentes à primeira aplicação, o que equivale a cerca de 66% da população parcialmente vacinada. Em relação às pessoas que completaram o esquema vacinal (duas doses de AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer ou dose única da Janssen), o número total é de 120.877 pessoas, o que equivale a cerca de 43% da população.

No Crato, distante 502 quilômetros de Fortaleza, a D3 começou a ser aplicada ainda mais cedo, no dia 6 de outubro. Foram priorizados os idosos acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPs). No dia 14 de outubro, a vacinação começou para os profissionais da saúde e em seguida a imunização seguiu para idosos acima de 75 anos restritos ao leito e para os idosos acima de 90 anos.

A expectativa é que a vacinação para o público abaixo dessa última faixa etária, a de 90, ocorra nas próximas semanas. A imunização deverá ser feita por meio de um sistema de drive-thru, é o que explica o coordenador da Vigilância em Saúde do Crato, Diones Gomes. “Iniciamos também no dia 15 de outubro a vacinação dos idosos acima de 75 anos restritos ao leito e a vacinação dos idosos de 90 anos ou mais. Os idosos abaixo de 89 anos serão convocados por meio de uma lista nominal e, provavelmente, será em formato de um drive-thru”, explica.

O município de Barbalha, a 501 quilômetros da Capital cearense, iniciou a vacinação de D3 na última terça-feira, 19, com profissionais da saúde. A expectativa, de acordo com a secretária Sheyla Martins, é vacinar, neste momento, 1.800 profissionais que trabalham nos três hospitais do município. Dados do último Vacinômetro da cidade, no dia 22 de outubro, mostram que 743 pessoas já receberam o reforço da vacinação contra a Covid-19.

Autor Mirla Nobre/Com informações do repórter Guilherme Carvalho da rádio CBN Cariri

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !