Identificados em Juazeiro corpos da dupla que trocou tiros com a PM de Farias Brito após assalto

Felipe reunia dezenas de passagens pela polícia desde a sua menoridade e foi vítima de tentativa de homicídio em Fortaleza quando tinha 11 anos

Assaltantes tomaram a moto, uma pistola e o aparelho celular de Tenente da PM nas imediações do Cariri Garden Shopping e a troca de tiros aconteceu na zona rural de Farias Brito.

Os corpos dos dois assaltantes que morreram na noite desta segunda-feira num confronto com policiais militares de Farias Brito foram identificados na Perícia Forense de Juazeiro. Israel Oliveira da Silva, de 18, residia na Rua Professor Pedro Teles perto do Terminal da Petrobras (Bairro Muriti) em Crato e Francisco Felipe de Lima Fernandes, de 20 anos, morava na Rua José Augusto Leite (Bairro Varjota) em Várzea Alegre.

Por volta das 22 horas a dupla roubou a moto Honda Bros de cor vermelha, a pistola e o celular do Tenente PM Plácido perto do Cariri Garden Shopping em Juazeiro e fugiu no veículo. Na fuga pela CE-386 e ao passarem no Distrito de Ponta da Serra em Crato, o sistema SPIA soou e a CIOPS em Juazeiro acionou o Destacamento de Farias Brito. No Sítio Lambedor, os criminosos se depararam com a viatura da PM e efetuaram disparos contra os policiais os quais revidaram, causando a morte dos dois.

A moto, a pistola e o celular do Tenente juazeirense foram recuperados e dois revólveres apreendidos, enquanto a viatura do destacamento de Farias Brito ficou avariada com os projéteis. Desde a sua menoridade, Felipe pratica crimes em Fortaleza, Lavras da Mangabeira, Várzea Alegre, Juazeiro, Crato e responde um homicídio em Iguatu. Ele tinha apenas 11 anos quando foi baleado no dia 10 de agosto de 2012 na Favela do Mercado na Avenida Duque de Caxias no centro de Fortaleza

Uma das últimas prisões de Felipe aconteceu no dia 24 de janeiro de 2019 em Várzea Alegre com um revólver calibre 38 tendo quatro cartuchos intactos, um colete balístico, celulares e dinheiro. O mesmo já chegou a ser internado para medidas sócio educativas nos anos de 2015 e 2017 o que voltou a se repetir em 2018. Os primeiros processos de apuração de atos infracionais contra ele foram em outubro de 2015 ao ser apreendido com outros dois adolescentes pela prática de roubos e furtos.

Em outubro daquele ano, o então adolescente voltou a ser apreendido em Várzea Alegre para responder por crime de tráfico de drogas quando se fazia acompanhar com alguns comparsas. Em novembro de 2016 apreensão por furto em Lavras da Mangabeira e, em abril de 2017, novo assalto, porém no município de Cedro. Felipe respondia ainda seis procedimentos que tramitam em segredo de justiça na Comarca de Várzea Alegre, incluindo arrombamentos e roubos de veículos, além de lesão corporal em Juazeiro.

Para-brisa da viatura foi alvejado pela dupla e a PM recuperou a pistola do Tenente, além de apreenderem dois revólveres dos acusados (Divulgação)

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !