Corpo de jovem encontrado no anel viário de Juazeiro é identificado e até já sepultado

Corpo de “Gigibinha” foi recolhido pelo rabecão para a Pefoce de Juazeiro de onde seguiu para Fortaleza (Divulgação)

Cadáver foi encontrado no dia 20 de abril em um lamaçal apresentando várias perfurações na altura do abdômen como se fora a golpes de faca.

O cadáver encontrado na tarde do último dia 20 de abril no Loteamento Macário às margens do Anel Viário (Salesianos) em Juazeiro do Norte era mesmo do jovem Igor Lino dos Santos, de 28 anos, o Gigibinha, que residia no bairro do Socorro. Estava num lamaçal em denso matagal apresentando várias perfurações na altura do abdômen como se fora a golpes de faca.

Na semana passada familiares do mesmo sepultaram o cadáver após o retorno da Perícia Forense de Fortaleza onde a identificação foi confirmada por meio de exame de DNA. Gigibinha tinha desaparecido no dia 16 de abril e foi encontrado morto quatro dias depois. Ele respondia um procedimento por furto em janeiro de 2016 e, a princípio, a família chegou a descartar a possibilidade que o corpo fosse o dele.

Chamou a atenção o fato de, cerca de um mês depois, ou mais precisamente no dia 25 de maio, ter sido encontrado o corpo da ex-companheira de Gigibinha no caso Maria Josiane Silva Dantas, de 33 anos, a “Josy” que residia em Juazeiro. O mesmo estava na CE-388 no Sítio Cabreiro (Distrito de Santa Fé) na zona rural do Crato e teria sido vítima de um atropelamento, cujo acidente jamais foi devidamente esclarecido.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !