Vendedor de Juazeiro morto a tiros num latrocínio será sepultado amanhã

“Romarinho” costumava ficar três meses fora de casa vendendo sal mineral (Reprodução/Redes sociais)

Ele foi baleado na cabeça na manhã do último sábado em um caso de latrocínio na cidade de Novo Repartimento, no Pará.

O corpo do vendedor de sal mineral Romário Washington Lima da Silva, de 29 anos, o “Romarinho do Sal”, deve chegar a Juazeiro do Norte entre o final da tarde e início da noite desta terça-feira. Ele foi morto a tiros na cabeça na manhã do último sábado num caso de latrocínio perto do Matadouro Municipal na saída para o Polo Pesqueiro de Novo Repartimento (PA), município situado a uma distância média de 1.230 Km em relação a Juazeiro.

O velório de Romarinho será em sua residência na Rua Ana Roberta Cecé Coelho, 124 por trás da Igreja Mãe Rainha (Pirajá) em Juazeiro com sepultamento marcado para esta terça-feira no Cemitério Parque Anjo da Guarda. Segundo o seu padrasto conhecido por “Santos”, ele tinha viajado há dois meses e costuma ficar até três meses fora de casa vendendo sal mineral nos estados do Pará, Mato Grosso e Goiás.

O corpo de Romarinho foi encontrado dentro de uma picape Fiat Strada de cor branca da empresa Agro Simões que funciona na Rua Manoel Pires (Bairro Lagoa Seca) em Juazeiro. Policiais civis e militares de Novo Repartimento (PA) estiveram no local do crime e até diligenciaram em áreas próximas à procura dos acusados, mas, até o momento, ninguém foi preso.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !