Região de Saúde do Cariri tem média diária de 10 óbitos por Covid-19 em maio

Juazeiro do Norte é uma das mais de 40 cidades que integram a Região de Saúde do Cariri. — Foto: Divulgação

Apenas em 22 dias deste mês, já foram 227 mortes em função do vírus, mais do que o total do último mês de março.

A Região de Saúde do Cariri, que engloba mais de 40 municípios do sul do Ceará, tem uma média de 10 óbitos por Covid-19 a cada 24 horas no mês de maio. Os dados parciais constam na plataforma IntegraSUS, gerenciada pela Secretaria da Saúde do estado (Sesa-CE), e explicam o porquê de o governador Camilo Santana (PT) ter recomendado ações mais restritivas na região.

De acordo com os dados prestados até 17h deste domingo (23) e coletados na manhã desta segunda-feira (24), já foram registrados 227 falecimentos provocados pelo coronavírus apenas no mês de maio. A previsão é de que o mês de maio seja o mais letal para infectados na região em 2021. Veja os números dos últimos meses:

Mesmo sem ter acabado ainda, o mês de maio já teve mais mortes na Região de Saúde do Cariri do que o mês de março deste ano. Até o momento, o IntegraSUS aponta que o recorde negativo, em 2021, ocorreu em abril, com 254 óbitos provocados pela infecção do coronavírus.

Apesar disto tudo, julho de 2020, até o momento, continua sendo o mês com a maior quantidade de mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. Foram 291 registros em apenas 30 dias.

Preocupação com a região

No sábado (22), durante atualização do decreto governamental de restrição em decorrência do coronavírus, o governador Camilo Santana demonstrou preocupação com a região caririense.

"Também vamos recomendar medidas mais restritivas a região do Cariri, que é a região que nesse momento mais está nos preocupando, porque lá aumentou o número de casos, aumentou a demanda assistencial", ressaltou o gestor.

Além disto, as demais regiões de saúde do Ceará não avançaram no plano de retomada da economia. Segundo Camilo, a determinação é que o restante do estado se mantenha desta forma por mais 14 dias a fim de que sejam avaliados os dados de contaminações e demanda de leitos hospitalares.

Por G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !