Concurso do Ibama tem 90 vagas para brigadistas em quatro estados

Legenda: Em decorrência da pandemia de Covid-19, além dos novos profissionais, também serão contratados brigadistas já treinados em anos anteriores - Foto: Prevfogo/Ibama / Divulgação

Salários variam entre R$ 1.100 e R$ 2.750

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) publicou, nesta terça-feira (18), edital para a contratação de 90 brigadistas. As vagas são temporárias e estão distribuídas nos estados do Amapá, Maranhão, Mato Grosso e Pará. 

Os cargos ofertados são para brigadistas, chefes de brigada e chefe de esquadrão. As inscrições serão realizadas presencialmente e em datas distintas, a depender do local da prova (ver cronograma abaixo).

Não haverá taxas. Poderão se candidatar somente as pessoas residentes nas regiões, e o contrato será pelo período de seis meses. 

>> Veja o edital

O interessado deverá preencher a ficha de inscrição anexada ao edital do respectivo estado e passar por uma semana de pré-seleção (provas físicas e de aptidão) e treinamento.

QUEM PODE SE INSCREVER

Segundo o edital, além do nível de escolaridade, haverá limites de idade devido à grande exigência da capacidade cardiorrespiratória e resistência muscular. 

Brigadista e chefe de esquadrão: candidatos precisam ser alfabetizados e ter entre 18 e 59 anos completos, na data de inscrição.

Chefe de brigada: candidatos precisam ter o ensino médio completo, idade entre 18 e 59 anos completos, na data de inscrição, e aptidão/conhecimento em coordenação de equipes. 

SALÁRIO

Os salários para as vagas de brigadista de prevenção e combate aos incêndios florestais, brigadista chefe de esquadrão e brigadista chefe de brigada variam entre R$ 1.100 e R$2.750. 

BENEFÍCIOS 

Os aprovados terão auxílio-alimentação, auxílio pré-escolar (quando couber), auxílio-transporte (quando couber) e seguro acidente. 

JORNADA DE TRABALHO

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais em horários, turnos e escalas definidos pelo órgão.

VEJA AS DATAS E LOCAIS DO PROCESSO SELETIVO

  • Amapá

Quando: de 31 de maio a 1º de junho 

Onde: Escola Estadual Rozindo Nascimento Filho - P.A Piquiá

  • Maranhão

Quando: 26 a 28 de maio 

Onde: Sede da brigada indígena na Aldeia Juçaral - Terra Indígena Arariboia, Amarante do Maranhão

Mato Grosso

Quando: 19 de maio 

Onde: Base da CTL Wawi - Terra Indígena Wawi, em Querência

  • Pará (Novo Progresso)

Quando: até 20 de maio 

Onde: Base operativa do Ibama - Rua Itaituba, Apronop, em Novo Progresso

  • Pará (Itaituba)

Quando: 31 de maio a 3 de junho 

Onde: Sede do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), na Avenida Marechal Rondon, s/n, Liberdade

TREINAMENTO DE BRIGADISTAS

O teste de aptidão física consiste em uma caminhada de 2,4 quilômetros transportando, nas costas, uma bomba cheia de água, no tempo máximo de 30 minutos para candidatos do sexo masculino e 36 minutos para candidatas do sexo feminino. A carga pesa aproximadamente 24 quilos.

No teste de habilidade no uso de ferramentas agrícolas, o candidato deve abrir um aceiro - ou seja, limpar uma faixa de vegetação em local determinado pelo instrutor da prova.

Após obter a nota necessária nos testes físicos, o candidato passará por um curso de treinamento com duração de 40 horas/aula.

Fonte: Diário do Nordeste

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !