Saiba quais os 11 açudes cearenses que ultrapassaram os 90% de volume e estão próximos de sangrar

0
Legenda: Ao todo, os 155 açudes cearenses monitorados pela Cogerh acumulam 33,6% de volume acumulado. - Foto: Honório Barbosa

Ao todo, os 155 açudes cearenses monitorados pela Cogerh acumulam 33,6% de volume.

O Ceará chegou, neste mês de abril, a marca de 28 açudes sangrando. O número é mais que o dobro do registrado em igual período do ano passado, quando o Estado tinha 12 reservatórios com 100% de sua capacidade.

No entanto, este número atual deve ser inflacionado nos próximos dias. Isto porque outros 11 açudes superaram, nesta semana, a marca dos 90% de volume hídrico armazenado e estão prestes a verter.

Dentre eles, o que está na iminência de sangrar é o Açude do Coronel, em Antonina do Norte, que está com 99,5% de sua capacidade. Em seguida, aparece o reservatório Poço Verde, em Itapipoca, com 99,32%. 

Os dados foram levantados pelo Diário do Nordeste com base nas informações fornecidas no portal hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) do Estado.

Confira relação completa dos 11 açudes próximos de sangrar:

  • Do Coronel, Antonina do Norte: 99,45%
  • Araras, em Varjota: 90,12%
  • Ayres de Sousa, em Sobral: 93,86%
  • Pau Preto, em Potengi: 94,35%
  • Diamantino II, em Marco: 99,47%
  • Gangorra, em Granja: 98,65%
  • Frios, em Umirim: 98,45%
  • Poço Verde, em Itapipoca: 99,32%
  • Aracoiaba, em Aracoiaba: 94,28%
  • Maranguapinho, em Maranguape: 94,09%
  • Olho D'Água, em Várzea Alegre: 96,42%

Ao todo, os 155 açudes cearenses monitorados pela Cogerh acumulam 33,6% de volume. Este é o melhor índice dos últimos 8 anos, ficando atrás apenas do ano de 2013, quando os reservatórios acumulavam, em igual época do ano, 42,33%. 

Chuvas geram aporte

O atual bom volume dos açudes cearenses deve-se às chuvas que caem sobre o Estado neste quadrimestre inicial de 2022. 

De 1º de janeiro até hoje, dia 21 de abril, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) já registrou o acumulado médio de 618.2 milímetros. O índice já presenta 78% de todo volume de chuva esperado para o ano, que é de 800.6 mm.

Nos três primeiros meses do ano, apenas fevereiro fechou abaixo da média. Já março, teve a maior variação positiva, com acumulado 30,6% superior à média histórica, que é de 203.4 mm.

Escrito por André Costa/Diário do Nordeste

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !