Crédito de R$ 3 mil: mais de 1,9 milhão de pessoas já realizaram empréstimo; veja como solicitar

0
Legenda: Linha de microcrédito da Caixa tem alta procura- Foto: Thiago Gadelha

O prazo para que os empréstimos sejam quitados é de 24 meses

Lançado no último dia 28 de março, o programa Sim Digital já aprovou empréstimos para 1,9 milhão de pessoas. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem solicitar os valores que variam de R$ 300 a R$ 3 mil. 

Em ambos os casos, o prazo para que os empréstimos sejam quitados é de 24 meses. Já os R$ 3 bilhões de garantia estão no Fundo Garantidor do Microcrédito (FGM), administrado pela própria Caixa.

Mesmo com o alto número de aprovações de crédito, a quantidade de contratações efetivadas é menor, mais de 78,5 mil para pessoas físicas e 84 para pessoas jurídicas.

Ainda de acordo com balanço da própria instituição financeira, os tíquetes médios estão, respectivamente, em aproximadamente R$ 872 e R$ 2,9 mil.

Quem tem direito?

A pessoa deverá trabalhar em atividades produtivas ou de prestação de serviço ou possuir cadastro como microempreendedor individual (MEI).

Não pode ter outras operações de crédito com a Caixa ou outros bancos e instituições financeiras que estivessem ativas em 31 de janeiro de 2022.

Vale lembrar que os recursos poderão ser utilizados para o aumento do capital de giro, aquisição de insumos e investimentos em equipamentos e utensílios que favoreçam o aumento da produção.

Como funciona as linhas de crédito disponíveis?

O SIM Digital será composto por duas novas linhas de crédito: a primeira delas é o Crédito CAIXA Tem, destinado a clientes pessoa física com atividades ligadas à prestação de serviços, e concederá empréstimos no valor de até R$ 1.000, que poderão ser parcelados em até 24 meses.

A segunda linha de crédito do SIM Digital foi chamada de Crédito CAIXA Tem para Microempreendedores Individuais, para os contratos com pessoas jurídicas registradas como MEI.

Nesta modalidade, o valor do empréstimo pode chegar a até R$ 3.000, também parcelado em até 24 meses, e com taxas de juros a partir de 1,99% ao mês.

  • Pessoa física: valores de R$ 300 a R$ 1 mil, com taxas mensais a partir de 1,95%
  • Pessoa jurídica: R$ 1,5 mil a R$ 3 mil, com taxas mensais a partir de 1,99%

Como contratar?

Para contratar a linha de Crédito CAIXA Tem, o empréstimo pode ser contratado pelo aplicativo CAIXA Tem. É importante que o cliente tenha a versão mais atual do aplicativo em seu celular e também esteja com o cadastro atualizado no sistema do CAIXA Tem. 

Para contratar a linha de Crédito CAIXA Tem para Microempreendedores Individuais, os interessados precisam ter ao menos 12 meses de faturamento como MEI e possuir uma conta da Caixa. Além disso, as contratações devem ser feitas inicialmente apenas nas agências, onde devem ser apresentados comprovante de residência e os documentos pessoais e da empresa.

De acordo com o governo federal, o serviço também deve estar disponível para contratação pelo aplicativo no celular após o segundo mês do programa.

Veja como atualizar o aplicativo Caixa Tem

  • Caso já possua o aplicativo, vá na loja de apps do seu celular (Google Play ou App Store) e procure pelo Caixa Tem; caso não possua, faça o download. 
  • Em seguida, deve aparecer "Atualizar" e clique nessa opção; 
  • Aguarde e, posteriormente, abra o aplicativo. 

Saiba como fazer a atualização cadastral 

Um dos requisitos para fazer a solicitação do crédito é estar com o cadastro atualizado. O procedimento é realizado no próprio aplicativo.

  • Após estar com o aplicativo atualizado, clique na opção "Atualização cadastral";
  • Em seguida, serão solicitadas algumas informações, como seu endereço, nacionalidade, renda e patrimônio, profissão;
  • Preencha todos os campos solicitados e você será redirecionado para uma página para confirmar os dados preenchidos;
  • Por último, envie fotos do documento (CNH ou RG) e do seu rosto para comprovação; 
  • Será realizada uma análise, que, quando concluída, o aplicativo enviará uma notificação. 
A foto não pode cortar o documento e as informações precisam estar legíveis. Não use o flash da câmera e lembre-se de retirar o documento do plástico que o envolve. 

Para a foto do rosto, segure o documento ao lado e siga as marcações indicadas. Não use óculos ou chapéus e cuidado para não tampar o rosto com o documento. 

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !