Barragem se rompe e deixa moradores ilhados na zona rural de Cariús, no Ceará

0
Moradores registraram imagens de móveis e utensílios submersos durante a enxurrada (foto: Reprodução/WhatsApp O POVO)

Água invadiu residências na madrugada deste sábado. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve vítimas, mas foram registradas perdas materiais.

Barragem localizada em propriedade privada na zona rural de Cariús, no Centro-Sul do Ceará, rompeu-se na madrugada deste sábado, 23, e deixou moradores ilhados no Sítio Bravas. As residências foram invadidas por forte correnteza após a parede do açude ceder durante as chuvas intensas registradas no município desde a noite da sexta-feira, 22. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBM-CE), ninguém ficou ferido, mas houve perdas materiais.

O POVO recebeu imagens registradas pelos próprios moradores da comunidade que mostram móveis e utensílios submersos durante a enxurrada. "Aqui não deu para salvar nada. Muita água, com certeza foi algum açude que torou e aqui a gente praticamente perdeu tudo, não tem solução. Mas somos gratos, porque nossas vidas fora preservadas, isso é o que importa", disse um morador enquanto registrava o alagamento na sua residência, onde o nível da água já estava prestes a alcançar a janela.

Por ter ocorrido durante a madrugada, a inundação pegou de surpresa os moradores da comunidade, que não tiveram tempo de salvar móveis e equipamentos eletrônicos da correnteza. "A água está dando quase na minha cintura. Só resta sair agora de dentro de casa e ver o que é que vai acontecer. Não dá tempo salvar certas coisas. A gente ainda conseguiu colocar a geladeira em cima do fogão, mas mesmo assim não teve jeito", lamentou um outro morador.

O POVO tentou contato com o prefeito de Cariús, Wilamar Palacio, para saber se a Prefeitura ofereceu apoio às famílias atingidas pela enxurrada, mas não teve sucesso nas chamadas telefônicas até o fechamento desta matéria. O questionamento também foi enviado ao gestor por meio de mensagens de texto em um aplicativo de mensagens. A resposta será acrescentada a esta publicação tão logo haja retorno.

De acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a chuva registrada em Cariús até a manhã deste sábado chegou a 19 milímetros (mm) no posto pluviométrico do Sítio Angico. Os moradores da comunidade afetada, no entanto, acreditam que essa foi a maior precipitação do ano na localidade.

Segundo a Funceme, nas últimas 24 horas ao menos 136 municípios cearenses registraram chuvas. Os maiores acumulados foram observados em Santa Quitéria (102 mm), Camocim (88 mm) e Juazeiro do Norte (86 mm).

Estrada inundada

Com a forte chuva registrada na madrugada deste sábado em Santa Quitéria, motoristas que trafegavam pela rodovia estadual CE-257 tiveram de interromper o trajeto devido ao acúmulo de água na pista. A estrada, que dá acesso ao município de Canindé e à Capital, Fortaleza, ficou praticamente submersa após o rompimento de uma barragem no Distrito de São Damião. Os condutores só puderam retomar a viagem já no começo da manhã, depois que o nível da água diminuiu.

O sábado chuvoso também provocou a sangria do maior reservatório hídrico de Redenção, a açude Acarape do Meio. Com capacidade para cerca de 29 milhões de metros cúbicos, a barragem se tornou o trigésimo reservatório cearense a verter suas águas.

Conforme dados do Portal Hidrológico do Ceará, gerenciado pela Funceme em parceria com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), outros nove açudes estão na iminência de transbordar, com volumes hídricos acima de 90%.

(Autor Luciano Cesário/O Povo Online/Colaborou: Amaury Alencar)

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !