Após 20 anos de tentativas, suplente de vereador toma posse em Juazeiro com 253 votos

0
Legenda: Testinha (PTB) tenta vaga na Câmara de Juazeiro do Norte desde o ano 2000. - Foto: Reprodução/Câmara de Juazeiro do Norte

Após 20 anos na suplência e sem nunca ter assumido o cargo, o comerciante Cícero Alberto Ribeiro Silva, conhecido como Testinha (PTB), tomou posse na quinta-feira (28) como vereador na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte.

Ele obteve apenas 0,9% dos votos válidos do município, somando 253 votos nas Eleições 2020.  

A posse de Testinha ocorre em um contexto em que três parlamentares do PTB foram afastados ou tiveram mandato cassado entre novembro de 2021 e abril de 2022, sob suspeitas de crimes contra a administração pública e abuso de poder político. 

No discurso de posse, o vereador lamentou as circunstâncias em que, após duas décadas, conseguiu se tornar um membro no Parlamento de Juazeiro do Norte. Ele foi eleito na base de apoio do ex-prefeito Arnon Bezerra, à época pelo PTB e agora filiado ao PDT. 

“Eu poderia estar bem mais feliz agora, se eu estivesse entrado naquela porta e assumido a cadeira aqui com o voto direto, honesto, e não em um momento desse”, afirmou o parlamentar. 

Na terceira suplência do PTB, Testinha assumiu o lugar na bancada após o vereador Márcio Joias ter sido afastado por 180 dias do cargo no último dia 20, suspeito de integrar um grupo que fraudava licitações no município. 

“O vereador afastado é meu amigo há mais de 20 anos. Conheço muito ele, mas eu não tenho culpa do que está acontecendo”, destacou o recém-empossado. 

Em novembro do ano passado, o presidente Darlan Lobo, então filiado ao PTB, e o vice-presidente Capitão Vieira (PTB) foram afastados do cargo por suspeita de envolvimento no jogo do bicho. Ambos negam participação.

No mesmo contexto, o suplente Romão França (PTB) assumiu uma vaga na Câmara. Ele permanecia na suplância desde 2004. 

20 ANOS DE TENTATIVAS

A expectativa era de que Testinha iniciasse o mandato após cerimônia de posse durante uma sessão ordinária. Sem quórum suficiente para abertura dos trabalhos ordinários, a solenidade ocorreu da mesma forma.

A tentativa do professor de integrar a Casa Legislativa começou ainda no ano 2000, quando se candidatou a vereador pela primeira vez e angariou 477 votos. Testinha foi candidato também em 2008, 2012, 2016, e em 2020 ficou na 3ª suplência com 253 votos.  

Ainda no discurso de posse, ele destacou como prioridade atuar para revitalização do Horto, bairro em que nasceu e no qual está localizada a estátua do Padre Cícero. 

“Para disputar seis eleições é preciso muita coragem. Eu achava que estava tudo perdido, e não estava”, finalizou.

Escrito por Felipe Azevedo/Diário do Nordeste

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !