Os 10 carros mais vendidos do Ceará em fevereiro; vendas crescem 28%

0
Legenda: Mais de 15 mil carros já foram vendidos esse ano, no Estado - Foto: José Leomar / SVM

Onix e Kwid lideram as vendas entres os consumidores cearenses

A venda de automóveis subiu 28% em fevereiro último ante igual período do ano passado, no Ceará. No segundo mês deste ano, as concessionárias cearenses negociaram mais de 7,5 mil unidades, entre carros pesados, leves e motos. Neste mesmo recorte temporal em 2021, o total de comercializações foi 5,8 mil. 

Somente no primeiro bimestre de 2022, foram comercializados mais de 15 mil automóveis no Estado. Os dados, da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), mostram que o mercado regional percorre na contramão.

Diferentemente do Ceará, no Brasil houve queda de 10%, passando de 24,2 mil (2021) para 21,7 mil vendas em fevereiro deste ano. 

A vice-presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-CE), Desirée Mota, avalia que a redução de até 25% do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) aqueceu o setor. 

“Essa medida ocasionou a diminuição no preço das concessionárias e deu mais fluidez ao mercado em um momento em que os negócios estavam lentos”, aponta.

O vice-presidente da Fenabrave-Ceará, Lewton Monteiro Júnior, acrescenta que o resultado também se deve a ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19, durante a segunda onda da crise sanitária, no Ceará.

Consumo

“Conseguimos vivenciar melhor esse período e sem o fechamento das concessionárias. Além disso, a economia cearense é robusta e favorece o consumo”, analisa. Ele observa, contudo, que o mercado ainda está retraído em todo o País.

Em janeiro, exemplifica, a epidemia cruzada de gripe e do coronavírus impactaram negativamente nas vendas, além de uma baixa nos quadros de funcionários em razão das licenças médicas. 

Lewton pondera ainda ser cedo para projetar o comportamento do setor ao longo do ano, mas, pelos dados do primeiro bimestre, a tendênica é de estabilidade.

A depender de variantes como juros, inflação e conflitos no leste europeu vão se desenhar, poderá haver crescimento. Esses fatores serão cruciais para determinar a demanda, concessão de crédito e logística.

A escassez de peças, no início da pandemia, provocou danos à produção de automóveis no Brasil. Mais de dois anos depois, o segmento ainda não superou completamente esse problema.

Por esse motivo, a guerra entre a Rússia e a Ucrânia pode significar um retrocesso logístico para as montadoras, além da pressão sobre a inflação brasileira. 

Veja quais foram os carros mais vendidos esse ano:

Onix e Kwid lideram as vendas entres os consumidores residentes no Ceará, entre janeiro e fevereiro de 2022. Conheça os 10 carros de passeio mais vendidos neste período:

  • Onix (GM) - 481
  • Kwid (Renault) - 428
  • Onix Plus (GM) - 348
  • Mobi (Fiat) - 269
  • Creta (Hyundai) - 251
  • HB20 (Hyundai) - 248
  • Compass (Jeep) - 205
  • Argo (Fiat) - 181
  • Gol (VW) -153
  • Renegade (Jeep) - 141

Escrito por Bruna Damasceno/Diário do Nordeste

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !