Mercedes-Benz reúne mulheres caminhoneiras

0
Vencedoras da promoção "Na Direção dos Seus Sonhos" foram recebidas para uma visita à fábrica da Empresa em São Bernardo do Campo (foto: DIVULGAÇÃO MERCEDES-BENZ)

Montadora alemã investiu na habilitação de 30 mulheres e as levou para conhecer a fábrica; uma delas é cearense de Iguatu, mora em Juazeiro do Norte e é filha de caminhoneiro

Afábrica da Mercedes-Benz do Brasil em São Bernardo do Campo, no Grande ABC, recebeu um grupo de mulheres caminhoneiras. Era o encerramento do projeto “Na Direção dos Seus Sonhos” – que custeou cursos de formação de condutores para habilitação profissional da categoria “C” para 30 mulheres . As 30 vencedoras viajaram até lá. Uma é do Ceará, Rachel Mourato, 33, residente em Juazeiro do Norte. Ela é habilitada na categoria D.

Ela é mãe solteira de três filhas - uma de 17 anos, a outra de 15 e, a outra, de 12 - e de pet também, duas cachorrinhas e um gato. “Eu crio as minhas filhas sozinha, a gente já passou por muitos apuros, mas, graças a Deus, eu nunca abandonei as minhas filhas.”

"Quando soube da promoção, estava vivendo uma situação muito difícil, em que havia perdido tudo, não tinha água potável em casa e passava fome". Hoje trabalha na Votorantim, em um CD operado somente por mulheres (um projeto da empresa também voltado às mulheres) como operadora de empilhadeira e irá realizar agora um curso de operadora de guindauto.

 “O grande sonho da minha vida é trabalhar com caminhão e eu estou me especializando para isso. Eu pretendo conseguir essa oportunidade, quem sabe até na própria Votorantim.”

Filha de caminhoneiro, Rachel foi criada dentro de um Mercedes-Benz 1113. “Meu pai me criou, me educou com todo o amor do mundo, ele sempre foi muito presente na minha vida e ele é minha motivação, a minha inspiração.” Ela conta que durante toda a infância, o pai v iveu do caminhão. "Era com o 1113 que a gente viajava e eu aprendi a ler com as placas de trânsito, que meu pai me ensinava. Meu pai estudou somente até a terceira série, mas ele era extremamente sábio, ele me ensinava as coisas com muito carinho, doçura e atenção”, afirma em material de divulgação da montadora.

Ao receberem sua CNH de motorista profissional, elas passaram a poder dirigir caminhões e trabalhar no transporte de cargas.

A ação foi lançada em 8 de março de 2021, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. A empresa custeou os cursos de formação de condutores para que elas obtivessem a habilitação profissional (Foto: DIVULGAÇÃO MERCEDES-BENZ)

Marina Harth, uma das ganhadoras da promoção, por exemplo, filha e esposa de caminhoneiros e mãe do Augusto, praticamente foi criada numa boleia. Ela diz que ama e não quer outra vida a não ser estar na estrada. Viaja sempre com o marido e divide com ele a direção do veículo.

A ação foi lançada em 8 de março de 2021, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. A Empresa custeou os cursos de formação de condutores para que elas obtivessem a habilitação profissional. Isso incluiu as despesas do Centro de Formação de Condutores, o número de aulas práticas exigidas por lei e o exame prático do Detran, além de exame médico e psicotécnico e de exame toxicológico, necessário para obtenção da CNH categoria “C”.

A iniciativa da Mercedes-Benz teve a colaboração do Sest/Senat, Fabet e Setcesp.

 Autor Jocélio leal/O Povo Online

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !