FmD4FRX3FmXvDZXvGZT3FRFgNBP1w326w3z1NBMhNV5=

Right

Anuncie Aqui
items

‘Rural da Vacina’: veículo percorre Missão Velha à procura de pessoas não vacinadas contra a Covid

Legenda: Veículo dá oportunidade a quem não conseguiu se cadastrar pela internet. - Foto: Divulgação/Prefeitura de Missão Velha 

Em apenas um dia, projeto vacinou mais de 100 pessoas que não tiveram acesso ao agendamento ou aos posto de imunização.

A gestão pública de Missão Velha, na região do Cariri, decidiu adotar uma ação diferente para buscar e vacinar a população da zona rural que ainda não recebeu nenhuma dose contra a Covid-19: a “Rural da Vacina”, veículo clássico produzido até a década de 1970 no Brasil, que percorre comunidades distantes desde a última sexta-feira (7).

Até o último dia 6 de janeiro, o município aplicou 29.232 primeiras doses, 780 doses únicas, 24.252 segundas doses e 2.021 doses de reforço, segundo o vacinômetro estadual.

A população da cidade é formada por 29.566 pessoas com mais de 12 anos, segundo o IBGE. Ou seja, mais de 98% dos moradores aptos à vacinação já receberam pelo menos uma dose do imunizante.

Contudo, a Prefeitura Municipal detectou que uma parte da população da cidade não conseguiu realizar o cadastramento digital ou mora distante dos pontos fixos de imunização.

Legenda: Imunizante aplicacado é a Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan. - Foto: Divulgação/Prefeitura de Missão Velha

As viagens da Rural da Vacina acontecerão às sextas-feiras, das 8h às 13h, aplicando exclusivamente primeiras doses. O tipo de veículo foi escolhido porque precisa percorrer áreas de difícil acesso levando as equipes de imunização.

100

pessoas foram contempladas no primeiro dia de circulação da Rural da Vacina, com o imunizante Coronavac.

A CIDADE DAS RURAIS

O carro utilizado na campanha tem até nome: “Ruralina”, que funcionava como transporte alternativo entre Missão Velha e municípios do Cariri, como Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha.

Segundo o médico e prefeito de Missão Velha, Rosemberg Macêdo, o “Dr. Lorim” (PDT), o uso do veículo resgata uma tradição do município, conhecido como “cidade das Rurais”, ao mesmo tempo em que ajuda a resolver uma demanda do presente.

“Ficamos impressionados com a quantidade de pessoas que sequer tinham recebido a primeira dose. Por isso, é importante vermos a aceitação de quem não tinha condições de se deslocar ou não conseguiu fazer o cadastro no site”, afirma o prefeito.

A Rural da Vacina tem um megafone que anuncia os benefícios da vacinação, além de reproduzir a música “Bum Bum Tam Tam”, funk conhecido no início da campanha brasileira por aludir ao Instituto Butantan, que desenvolveu a Coronavac.

Legenda: Veículo vai operar às sextas-feiras, da manhã ao início da tarde. - Foto: Divulgação/Prefeitura de Missão Velha

ACESSO FACILITADO

A secretária municipal de Saúde, Kay France, reconhece que muitos cidadãos têm dificuldade em acessar o serviço, portanto o projeto seguirá por tempo indeterminado, “até vacinar toda a população”.

“De ontem pra hoje, todos souberam e a receptividade está excelente.  A cada sexta, estaremos em uma comunidade diferente”, reforça.

O Dr. Lorim, que participou da primeira ação, conta que a reação dos moradores “foi a melhor possível”. Inclusive, os canais da Prefeitura receberam muitas sugestões para as próximas visitas.

“Foi um sucesso. Nós, como gestores públicos, precisamos estar diretamente à frente desse movimento, porque a vacinação é a única forma que temos para nos vermos livres desse vírus”, aponta.

Escrito por Nícolas Paulino/Diário do Nordeste

0/Post a Comment/Comments

Partner

Anuncie Aqui
73745675015091643

Sports News

Anuncie Aqui

Recent

ESPORTES

[getBlock results="5" label="ESPORTES" type="block1"]