Cadáver de jovem tornozelado encontrado em Juazeiro num matagal em meio a urubus

0
Diogo tinha várias passagens pela polícia e era tornozelado (Foto: Reprodução)

A polícia de Juazeiro foi acionada por conta do achado de um cadáver por volta das 10h30min desta segunda-feira

A polícia de Juazeiro foi acionada por conta do achado de um cadáver por volta das 10h30min desta segunda-feira com todas as características de “desova” se configurando no quinto homicídio deste ano no município. Estava num matagal na Rua David Andrade da Silva (Campo Alegre) em meio a vários urubus e com algumas partes carcomidas. Não demorou a ser identificado como sendo de Diogo Martins dos Santos, o “Paulistinha” que completaria 22 anos nesta terça-feira.

O mesmo residiu na Vila Confiança (Bairro Juremal) em Várzea Alegre e, ultimamente, morava na Rua Joaquim Alexandre Sousa (Frei Damião) em Juazeiro. Diogo usava tornozeleira eletrônica e estava desaparecido desde o dia 10 de janeiro, sendo que o corpo se encontrava em avançado estado de decomposição e bastante putrefeito. Em junho de 2017 “Paulistinha” foi preso após o furto de um notebook nas dependências do Centro Social Urbano (CSU), no espaço onde funciona o CRAS de Várzea Alegre.

Nova prisão em flagrante no dia 23 daquele ano após arrombamento e furto na loja Presentes e Companhia em Várzea Alegre, cujo procedimento indiciou, também, Welisson Lima Costa. Já em abril de 2018 outra prisão por arrombamento em Várzea Alegre que teve uma mulher como vítima. Em agosto daquele ano tentou fugir na cadeia pública de Várzea Alegre cavando um buraco na parede do banheiro. A fuga seria junto com Bryan William Rodrigues Lopes e Cícero Ramony Silvestre Lopes.

Já em fevereiro de 2019 “Paulistinha” foi novamente preso por assalto a mão armada em Várzea Alegre e, três meses depois, outro assalto a mão armada em Cedro. No dia 12 de julho do ano passado sua última prisão na esquina das ruas Francisco Martins de Souza e Lindalva Soares (Frei Damião) com certa quantia em dinheiro e pequena quantidade de cocaína. Daí, os PMs foram à sua casa na Rua Árvore de Natal naquele bairro, onde apreenderam três armas artesanais calibre 12, três munições intactas, 29 trouxinhas de maconha, quatro papelotes de cocaína e máquina de cartão.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !