Adolescente sofre espancamento por se recusar a manter relações sexuais em Barbalha; suspeito foi preso

0
Foto: Polícia Militar do Ceará/Divulgação

No local do crime, a polícia apreendeu um revólver, calibre 38, capacidade para seis tiros, doze munições do mesmo calibre sendo uma picotada, três aparelhos de telefonia celular, uma balança de precisão e vários sacos plásticos (tipo dindim).

Uma adolescente de iniciais, V.V.S. foi vítima de tentativa de estupro, em Barbalha. O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira (31/12), bairro Malvinas. O suspeito foi preso em flagrante. Outro homem que estava no local acabou preso por suspeita de porte ilegal de ara de fogo.

De acordo com o registro da ocorrência, por volta das 11h00min a equipe policial militar Raio 02 (IRSO) durante patrulhamento pelo bairro Malvinas, foi avisada por populares que uma mulher estaria sendo agredida em uma na rua P7, naquele bairro. Os PM’S ao chegarem no endereço foram atendidos pela pessoa de Bruno Ribeiro dos Santos, de 22 anos, residente no Bairro Alto da Alegria que autorizou a entrada dos militares no imóvel.

No interior da casa foi encontrada a vítima que afirmou ter sido agredida, por ter se recusado a manter relações sexuais, com outro homem que se encontrava no local, este identificado como Leandro de Oliveira Gomes, de 22 anos, residente no Bairro Cassimiro Farias, em Missão Velha. Após busca pessoal nas pessoas que ali estavam foi feita a vistoria na residência onde num dos cômodos foram encontradas uma arma de fogo tipo revólver, calibre 38, capacidade para seis tiros, doze munições do mesmo calibre sendo uma picotadas, três aparelhos de telefonia celular, uma balança de precisão e vários sacos plásticos (tipo dindim).

Segundo os policiais, a pessoa de Bruno assumiu a propriedade do material. Diante dos fatos foi dado voz de prisão aos suspeitos que foram conduzidos juntamente com os itens apreendidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte na cidade de Juazeiro do Norte, onde foi adotados as medidas cabíveis.

Reportagem de Jota Lopes/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top