2022 inicia com situação hídrica controlada e com expectativa de chuvas no Ceará

0
Foto: Ascom SRH 

O ano de 2021 teve uma quadra chuvosa abaixo da média, como previsto pela pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O ano termino com pouco mais de 20% de aporte hídrico total e 80 açudes abaixo de 30%. Apenas as regiões do Coreaú, Litoral Norte e Aracaú terminaram o ano com mais de 50% de reserva. A região mais crítica foi a do Banabuiú, que aportou apenas 6,9%.

Apesar dos baixos aportes, a Secretaria dos Recursos Hídricos, em parceria com as vinculadas Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Sohidra e Funceme e com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), realizou um trabalho minucioso de gestão dos recursos hídricos do Estado do Ceará, intensificando a diversificação da matriz hídrica, o que garantiu acesso hídrico para os municípios

Segundo o secretários dos Recursos Hídricos a situação é controlada graças aos esforços diários realizados pelo Comitê de Contingência do Estado. “Hoje nós conseguimos controlar a situação de abastecimento pois temos um controle de todos os municípios, sabemos onde precisa de água e juntos com todos os órgãos competentes buscamos as melhores soluções para atender. Em paralelo a essas ações emergenciais buscamos obras que vão garantir futuramente uma maior garantia hídrica para a população, como é o caso do Cinturão das Águas e do Projeto Malha D’água”.

Foto: Ascom SRH 

A Cogerh intensificou as obras de manutenção e melhorias na infraestrutura hídrica sob sua responsabilidade durante o ano de 2021, mesmo em cenário de pandemia. O montante desembolsado para a manutenção em diversos equipamentos de gestão hídrica do Ceará gira em torno de R$ 22,6 milhões. O programa de recuperação abrange, dentre outras estruturas, as estações de bombeamento, o Cinturão das Águas (CAC), reservatórios estaduais, canais e adutoras.

Projeto Malha D’água

Previsto para iniciar em 2022, o Projeto Malha D’água vai Ampliar a segurança hídrica do Estado, garantindo condições qualitativas e quantitativas de fornecimento de água para o abastecimento dos núcleos urbanos e comunidades rurais situadas ao longo dos sistemas adutores a serem implantados.

Inicialmente o Projeto vai beneficiar a região do Banabuiú – Sertão Central, que terá 688km de adutora de água tratada beneficiando 9 sedes municipais e 38 sedes distritais.

Cinturão das Águas

A partir da terça-feira (4/1), será retomada a fase de pré-teste no Cinturão de Águas do Ceará (CAC) que iniciará a captação na barragem Jati (PISF) até o KM 75, englobando integralmente os lotes 01 e 02 do CAC e limitando-se com o Sifão Santana, pertencente ao lote 03 da obra, onde ao atingir o KM 80+300 m acontecerá a captação para o abastecimento das cidades de Barbalha e Juazeiro do Norte.

Foto: Ascom SRH 

Expectativa de chuvas

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou, no que se refere ao intervalo entre as 7h de sexta-feira (31) e 7h do sábado (1º), chuvas em, pelo menos, 83 municípios. A expectativa é de cenário favorável a chuvas.

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top