Solenidade marca o início da promoção de mais de 3.200 militares em todo o Ceará

0
Carlos Gibaja e Thiara Montefusco - Fotos Yuri Leonardo - Infográfico

De 2015 até o momento, a gestão atual garantiu mais de 25 mil promoções de militares

O Governo do Ceará reafirmou, nesta quarta-feira (22), o compromisso de fortalecer a Segurança Pública do Estado ao realizar a primeira solenidade de promoções de oficiais e praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, no Centro de Eventos, em Fortaleza. Na ocasião, foram promovidos 1.089 policiais militares e 155 bombeiros militares, que atuam na Capital e Região Metropolitana, além dos que estão lotados em Quixadá e Russas. Nesta quinta-feira (23), mais promoções serão realizadas no Crato, na região do Cariri, em Fortaleza e em Sobral, na região Norte, totalizando 3.207 promoções em dois dias.

A solenidade foi conduzida pelo governador Camilo Santana, acompanhado da vice-governadora Izolda Cela; do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron; do comandante-geral da Polícia Militar do Ceará, coronel Márcio Oliveira; do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, coronel Ronaldo Roque de Araújo; e demais autoridades. Familiares dos graduados também compareceram à cerimônia.

As promoções são asseguradas por meio da lei que garante a ascensão contínua nas carreiras das corporações. A lei, criada e sancionada em 2015 pelo governador Camilo Santana, criou um fluxo regular e automático na carreira dos oficiais e praças estaduais. Com isso, o Estado garantiu mais de 25 mil promoções de militares até o momento.

O governador Camilo Santana falou sobre o compromisso firmado na sua gestão para reconhecer e valorizar os profissionais da Segurança Pública. “Tenho um sentimento de realização, de compromisso cumprido. Vamos promover neste final de ano mais de 3.200 policiais militares e bombeiros militares. Para vocês terem uma ideia, a média de homens promovidos ao longo da história da polícia era em torno de 200 homens por ano. Nesses sete anos, nós vamos chegar a 25 mil homens da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Tem pessoas que foram promovidas duas ou três vezes no meu governo. Eu sei o que significa para vocês, porque não é só uma graduação, é um reconhecimento, é estímulo e motivação. Porque nós temos a responsabilidade de defender o povo cearense”.

A vice-governadora Izolda Cela ressaltou a importância da nobre missão que garante inclusão, proteção e defesa dos direitos do cidadão. “É preciso valorizar as pessoas, valorizar aqueles que estão na linha de frente nas diversas missões, especialmente nesse momento com a promoção, que é algo importante e movimenta a carreira”, comentou.

Mais avanços

Reconhecimento também foi uma das palavras destacadas pelo titular da SSPDS, Sandro Caron, ao descrever a atuação incansável dos homens e mulheres das forças de segurança do Estado. “Eu digo a todos vocês, parabéns. [Em 2021] A Segurança Pública do Ceará não parou em momento algum, continuamos sempre trabalhando para atingir os resultados. E agradecimento em dobro ao Governo do Estado, porque mesmo com todas as dificuldades em razão da pandemia, nunca deixou de investir na contratação e na valorização dos nossos profissionais. A prova disso são os concursos em andamento para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Perícia Forense. A prova disso é um momento histórico como esse. Estamos reconhecendo todos aqueles que colaboraram”, comemorou.

Carlos Gibaja e Thiara Montefusco - Fotos Yuri Leonardo - Infográfico

Caron aproveitou para enfatizar que 2021 é o ano com o segundo menor número de homicídios nos últimos dez anos no Ceará. “Estamos fechando 2021 entre os cinco Estados da Federação com maior redução de homicídios. Em 2021, a redução foi de aproximadamente 20% nos homicídios e 10% nos Crimes violentos contra o patrimônio”, detalhou.

“Todo esse projeto vem na esteira de várias realizações que o Governo do Estado vem patrocinando às forças de segurança pública desde 2015, como na contração de pessoal: são mais de seis mil policiais militares convocados. Estamos com concurso em andamento com mais três mil praças. São 430 tenentes empossados nas fileiras da corporação. Armamentos, equipamentos, viaturas e uma moderna lei de promoção, a mais moderna do Brasil”, reforçou o comandante-geral da Polícia Militar do Ceará, coronel Márcio Oliveira.

Carreira e futuro

Essas iniciativas contribuem para levar motivação ao dia a dia desafiador de policiais militares como a subtenente Maria da Conceição Pereira, de Redenção, no Maciço de Baturité. Ela ingressou na PMCE há 27 anos e, desde então, trabalha com muito orgulho. “É uma honra para qualquer ser humano estar no local de trabalho e ser reconhecido. Eu acredito que todos aqui estejam felizes. Essa promoção na minha carreira é muito importante, e também para a família, para incentivar alguém a não desistir dos seus sonhos”.

Ao parabenizar os graduados e familiares presentes, Ronaldo Roque, comandante-geral do CBMCE, classificou que um dos principais diferenciais dos bombeiros militares é o comprometimento. Para ele, a política de valorização potencializa essas características. “O Corpo de Bombeiros, integrante do Sistema de Segurança Pública, em especial, gosta de superar expectativas; de ir além do desenvolvimento de sua missão; de tratar quem aciona o Corpo de Bombeiros de uma forma empática, simpática e respeitosa”.

Carlos Gibaja e Thiara Montefusco - Fotos Yuri Leonardo - Infográfico

Uma dessas profissionais é a bombeira militar Mariana Ramalho, de Fortaleza, que foi promovida a terceiro-sargento. Na oportunidade, Mariana foi agraciada com o certificado de honra ao mérito, que reconhece os serviços prestados à população cearense. “Eu me sinto com o coração muito feliz. Dá motivação para seguir em frente e buscar sempre se dedicar e crescer na corporação. Eu estou tentando representar o trabalho de cada um que é imenso, é luta diariamente”, contou.

Além de valorizar a missão profissional, o reconhecimento fortalece os laços familiares. Esse é o caso do terceiro-sargento J Santos, de Fortaleza, que se tornou policial militar por influência de familiares e hoje é inspiração para a filha, a pequena Maria Helena. Para J. Santos, a promoção honra a história da família. “A prova da honra é que eu trouxe a minha filha para ser a minha madrinha. Ela diz que deseja ser policial”, disse emocionado.

Carlos Gibaja e Thiara Montefusco - Fotos Yuri Leonardo - Infográfico



Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

image host

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top