Petrobras anuncia vale-gás de R$ 100 para 300 mil famílias a partir deste mês

0
Legenda: Valor subsidiará compra de botijões de gás de 13kg - Foto: Divulgação

Benefício da estatal difere do programa "Gás dos Brasileiros" também previsto para dezembro, mas com valor menor

A Petrobras informou nessa quarta-feira (8) que um vale-gás de R$ 100 para compra de botijões de 13kg começará a ser entregue a 300 mil famílias em situação de vulnerabilidade social a partir deste mês.

O benefício foi dividido pela estatal em duas partes, tendo a primeira orçamento de R$ 30 milhões para garantir o valor a 90 mil famílias até o fim de dezembro por meio de instituições sociais parceiras.

“Ao longo dos últimos meses, essas famílias já estavam recebendo apoio da Petrobras por meio de doações de cestas básicas e/ou cartões alimentação. Agora, elas também receberão, até o fim do ano, o auxílio para aquisição de um botijão de gás”, afirmou a empresa, em nota.

Já as outras 210 mil famílias restantes serão atendidas através da Fundação Banco do Brasil e outras empresas e instituições, como Vibra e Fundação Mapfre, Livelo e Cielo dentro da campanha "Brasileiros pelo Brasil", realizada pela Fundação BB.

A segunda etapa do programa ocorrerá ao longo de 2022. O orçamento para essa fase é de R$ milhões, porém, o modelo de repasse e operacionalização do benefício ainda está sendo estudado pela estatal.

PROGRAMA GÁS DOS BRASILEIROS

O benefício anunciado pela Petrobras não é o mesmo do vale-gás já aprovado pelo governo federal, cujo repasse também está previsto para dezembro.  Batizado de "Gás dos Brasileiros", o programa foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro no 22 de novembro e deve alcançar 5,58 milhões de famílias inscritas no CadÚnico com um valor de R$ 52.

O valor será pago a cada dois meses, correspondendo, no mínimo, a 50% da média do preço nacional do botijão de 13 kg.  A lei (nº14.237) prevê o auxílio para subsidiar pelo menos metade do valor do gás de cozinha a famílias de baixa renda.

VEJA QUEM TEM DIREITO AO BENEFÍCIO AO VALE-GÁS DO GOVERNO FEDERAL

  • Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 550);
  • Famílias que tenham, entre os integrantes residentes no mesmo endereço, quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top