FmD4FRX3FmXvDZXvGZT3FRFgNBP1w326w3z1NBMhNV5=

Right

Anuncie Aqui
items

Júri de réu por feminicídio é suspenso em Juazeiro do Norte após 'falha no sistema'

Legenda: A costureira foi assassinada a tiros, na frente da família, em Juazeiro do Norte - Foto: Fabiane de Paula

A sessão teve início às 10h desta terça-feira (14) e por volta das 16h30 foi interrompida quando participantes foram notificados que o áudio não estava sendo gravado

O júri do padeiro Severo Manoel Dias Neto, réu por feminicídio, foi adiado pela sétima vez. A sessão acontecia no Fórum de Juazeiro do Norte desde às 10h desta terça-feira (14), quando por volta das 16h30 as partes foram comunicadas sobre uma falha no sistema operacional do Judiciário.

Severo é acusado pela morte da ex-esposa, a costureira Maria Rosimeire de Santana, em abril de 2019. A reportagem apurou que os depoimentos das testemunhas prestados durante horas foram perdidos. As gravações feitas até aquele momento só continham imagens, mas não reproduziam o áudio de toda a sessão.

Defesa e acusação entraram em acordo que a falha comprometeria a sessão e seria melhor interromper o júri. O julgamento de Severo Manoel já foi adiado outras vezes por motivos diversos, como exemplo: a pandemia, a vez em que faltou alimentação aos participantes da sessão e o júri foi desmarcado na véspera e até mesmo o dia que a audiência já havia começado e foi suspensa por não atingir o número de testemunhas suficiente.

FRUSTRAÇÃO

A defesa do réu, representada pelo advogado Roberto Duarte, destacou que a falha operacional não se deu por conduta inadequada humana. "Entramos em consenso que era preciso dissolver a sessão neste momento, até mesmo para evitar possiveis arguições de nulidade. A defesa, mais uma vez, se insurgiu pelo prazo extenso de prisão do acusado. São muitos entraves neste processo", disse o advogado.

Já Roseane Santana, irmã da vítima Maria Rosimeire, pontuou que a suspensão do júri causa, mais uma vez, frustração na família: "De novo não temos uma data para o desfecho deste caso".

34 FEMINICÍDIOS

No ano de 2019, o Ceará registrou 34 ocorrências de feminicídio

A reportagem entrou em contato com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), que não se posicionou sobre a suspensão do ato até a publicação desta matéria.

Legenda: Severo foi preso quase uma semana após o crime

O CRIME

A costureira Maria Rosimeire Santana foi assassinada a tiros na frente dos filhos e da mãe, em abril de 2019, em Juazeiro do Norte. Consta nos autos que o relacionamento do casal era conturbado e Severo não aceitou o fim. 

Conforme a denúncia, o réu foi visto horas antes do crime rondando a escola do filho mais novo do casal. Severo Manoel Dias Neto já tinha sido preso antes da tragédia porque descumpriu medida protetiva. Populares disseram ter ouvido várias vezes que quando o ex-casal se encontrava o homem mandava Rosimeire ter cuidado porque um dia iria matá-la.

Escrito por Emanoela Campelo de Melo/Diário do Nordeste

0/Post a Comment/Comments

Partner

Anuncie Aqui
73745675015091643

Sports News

Anuncie Aqui

Recent

ESPORTES

[getBlock results="5" label="ESPORTES" type="block1"]