Hospital Regional do Cariri (HRC) é destaque em evento internacional como “case de sucesso” de aplicação do Projeto Lean nas Emergências

0
Divulgação/HRC e Valéria Alves Fotos

Foram apresentados no evento, que ocorreu de forma on-line nesta semana, indicadores que mostram o avanço do HRC após implantação do projeto, como a redução da superlotação da Emergência em 71%

O Hospital Regional do Cariri (HRC), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) sob administração do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), foi convidado pelo Lean Institute Brasil para apresentar, nesta semana, o seu exemplo da Transformação Lean nas Emergências no evento Lean Global Connection – Building the future together. Organizado pela Lean Global Network, a iniciativa conta com a participação de 32 países. O equipamento hospitalar integra o projeto desde junho de 2019, por meio de parceria com o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), e recebe consultorias do Hospital Sírio-Libanês.

O HRC foi representado pela diretora de Gestão e Atendimento, Fabiana de Sousa Alves, acompanhada pela gerente do Núcleo de Atendimento ao Cliente, Andrezza Saraiva, e pela gerente de Riscos, Nárya Brito. Foram apresentados indicadores que mostram o quanto a unidade avançou nos ciclos de melhorias desde a implantação do projeto. Entre eles, a redução da superlotação da Emergência em 71%.

Além disso, o hospital estadual, que está instalado em Juazeiro do Norte, reduziu o tempo de permanência do paciente na Emergência de 19 para 10 horas, desde a entrada até a alta, e a espera por leito de internação de 54 para cerca de 20 horas. Todas essas conquistas foram realizadas ainda na primeira fase do Projeto Lean. A unidade agora encontra-se na segunda fase da iniciativa, que tem como foco melhorar processos nas unidades de internação e no centro cirúrgico. Apenas seis hospitais do Brasil foram selecionados pelos consultores do modelo de gestão nesta etapa. No Ceará, além do HRC, foi escolhido o Hospital Geral de Fortaleza (HGF). O Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), também da Rede Sesa, participou da fase inicial da metodologia.

Apenas seis hospitais do Brasil foram selecionados pelos consultores do modelo de gestão para a segunda fase. No Ceará, além do HRC, foi escolhido o Hospital Geral de Fortaleza (HGF)

Para Fabiana Alves, “a experiência do Lean nas Emergências resultou em muitos benefícios para nossa instituição, tendo como maior destaque a agilidade proporcionada a partir das tomadas de decisão cada vez mais assertivas e participativas, podendo resultar na internação dos pacientes ou na conclusão do atendimento emergencial e posterior encaminhamento para a rede de saúde”.

A diretora também destaca que, por meio do projeto, é possível “melhorar a eficiência, tornando-nos ainda mais resolutivos e seguros, proporcionando uma assistência de melhor qualidade e utilizando ferramentas a baixo custo”.

O modelo Lean (“enxuto”, em tradução livre) tem origem na filosofia de manufatura precisa e vem do Japão, com o Sistema Toyota de Produção, após a Segunda Guerra Mundial, e foi adaptado para a área da Saúde.

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top