Descoberta do soldadinho-do-araripe completa 25 anos

0
Foto: Ascom Sema

Nesta quarta-feira (15), a descoberta do soldadinho-do-araripe comemora 25 anos. Segundo o pesquisador e biólogo, Weber Girão, “uma espécie simbólica do Ceará”. Em dezembro de 1996, o pássaro, com cerca de 15 centímetros de comprimento e 20 gramas de massa, foi encontrado nas encostas da Chapada do Araripe, no Cariri cearense. Para o pesquisador, um planalto famoso por revelar fósseis de aves entre as mais antigas do mundo, abriga o soldadinho. “Um dos pássaros neotropicais de origem mais recente (11 mil anos), denominado cientificamente de Antilophia bokermanni”, disse.

De acordo com Girão, o povo local emprega outros nomes para denominar o soldadinho-do- araripe, como lavadeira-da-mata, levadeiro e língua-de-tamanduá.” Trata-se de uma bela espécie em risco de extinção com a qual estou envolvido há 25 anos”, contou. A espécie é globalmente ameaçada de extinção pela perda de habitat, provocada pelo desmatamento e degradação de mananciais, estando entre as 190 aves classificadas como Criticamente em Perigo de desaparecer no mundo, das quais 22 vivem no Brasil.

Para o Governo do Ceará é importante a preservação da espécie única, ave endêmica, encontrada na região do Cariri. Nesse contexto, estimula políticas públicas para a criação de áreas protegidas. Em julho de 2019 criou a Unidade de Conservação (UC) Municipal, Refúgio da Vida Silvestre (Revis) Soldadinho-do-Araripe, que corresponde a uma área de 4.480,07 hectares. A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) realizou os trabalhos técnicos para criação da REVIS, por meio da Célula de Diversidade Biológica (Cedib), da Coordenadoria de Biodiversidade, da Sema.

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

image host

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top