Homem morto a tiros em Juazeiro após perseguição por ruas do João Cabral

Jeferson foi morto a tiros esta tarde em Juazeiro (Foto: Reprodução)

A vítima buscou se refugiar em uma casa em frente ao CRAS, mas foi perseguido e morto. O acusado fugiu por um matagal.

Cinco dias depois e um novo homicídio foi registrado em Juazeiro. Por volta das 16 horas desta quinta-feira o jovem Jeferson Francisco Honorato dos Santos, de 27 anos, que residia no bairro João Cabral, foi morto a tiros. Ele passava pela Rua da Paz quando dois homens numa moto se aproximaram do mesmo. O garupeiro sacou o revólver e Jeferson tratou de correr quando até buscou se refugiar numa casa já perto da esquina com a Rua Perpétua Carneiro da Cunha em frente ao CRAS do João Cabral.

Entretanto, foi perseguido e morto. Ele respondia por crimes de lesão corporal contra um casal, roubos, furtos e receptação. Este último numa de suas primeiras prisões no dia 20 de junho de 2016 quando se fazia acompanhar de um comparsa de apenas 17 anos numa moto Honda CG 125 Fan de cor preta a qual tinha sido roubada no dia anterior. Na delegacia, Jeferson alegou que tinha comprado sem saber que era roubada e passou a responder por receptação.

Este foi o primeiro homicídio do mês de novembro em Juazeiro e o 81º do ano no município ou 59% em relação aos 137 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha acontecido sábado quando Cícero Junior Secundo Pereira, de 34 anos, que residia no bairro Salgadinho, foi morto com sete facadas por seu primo José Carlos Pereira, o “Carlinhos” com o qual bebia na Rua Pedro Furtado de Menezes (Horto) e houve discussão. O acusado fugiu por um matagal.

Foto: Reprodução/Rede Sociais

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !