Homem morre eletrocutado em Juazeiro na cerca elétrica de uma chácara

Jonatam morava na Rua Maria Marcionília no bairro Lagoa Seca. (Foto: Arquivo/Normando Sóracles)

Testemunhas teriam dito para a polícia que ele tentou adentrar uma chácara quando sofreu descarga da cerca elétrica.

Pouco mais de um mês depois e novo caso de morte em consequência de descarga elétrica foi registrado na região do Cariri. Por volta das 14 horas desta sexta-feira o ajudante geral José Jonatam Ferreira de Aguiar, de 37 anos, foi encontrado agonizando e terminou morrendo na Rua Regina Maria da Natividade (Frei Damião) em Juazeiro. Ele morava na Rua Maria Marcionília Pessoa (Lagoa Seca) e quando profissionais de saúde do SAMU chegaram apenas constataram o óbito.

Testemunhas teriam dito para a polícia que ele tentou adentrar uma chácara quando sofreu descarga da cerca elétrica. O mesmo teria caído, se levantou e saiu correndo voltando a cair numa rua bem mais adiante e ali morreu apresentando marca de queimadura no corpo. Jonatam foi preso no dia 13 de outubro de 2014, na Rua Geraldo Lacerda Botelho (Jardim Gonzaga) após agredir sua esposa Suzana Sales de Souza, de 29 anos. Em setembro de 2019 passou a responder por crime de arrombamento.

A última morte em consequência de descarga elétrica no Cariri tinha ocorrido dia 30 de setembro com o óbito de Aparecido Lacerda Silva, de 22, na Unidade de Queimados do IJF em Fortaleza. Ele morava na Rua Cândido Nogueira (Distrito de Carmelópolis) em Campos Sales e já tinha amputado os membros em virtude das condições como ficou após ser eletrocutado no dia 16 de setembro naquela localidade quando montava uma antena e, no local, já tinha morrido Antonio Carlos de Souza, de 29 anos.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !