Casal preso em Crato em decisões judiciais por tráfico de drogas

Patrícia foi presa na Avenida José Horácio pequeno e Joel no Parque Recreio (Foto: Reprodução)

Eles foram presos por conta de mandados judiciais em aberto.

Num curto intervalo de meia hora, na tarde desta quarta-feira, duas pessoas foram presas em Crato por conta de mandados judiciais em aberto. Por volta das 16 horas policiais militares prenderam Patrícia Maria Veloso e Silva, de 41, na Avenida José Horácio Pequeno perto do Clube Serrano. Já às 16h30min equipe da Força Tática recolheu Joel Robson das Chagas, de 30 anos, no local de trabalho perto de sua residência na Rua Welington Belém Figueiredo no bairro Parque Recreio.

Em dezembro de 2001 Patrícia se tornou testemunha de um homicídio e, em maio de 2005, praticou crime de lesão corporal contra Ivan Batista da Rocha que tinha ameaçado a mesma. Já em agosto de 2011 testemunhou lesão corporal contra Antonio Carlos de Souza Pereira que teve como autor Francisco Merciliano da Silva Ferreira e, no mesmo período, testemunhou outra tentativa de homicídio vitimando Cicero Francisco da Silva Filho a qual teve Jose Erislanio Cipriano da Costa como indiciado.

Já em novembro de 2016 Patrícia foi vítima de violência doméstica praticada por Aluízio Alcântara da Silva quando requereu medida judicial protetiva, enquanto no dia 5 de dezembro de 2018 foi presa na sua casa em Crato com 5,7 Kg de maconha. Já no mês de junho de 2019 ela voltou a ser presa para responder procedimento por crime de tráfico de drogas juntamente com Antonio Paulo Gomes Coelho.

O outro preso ontem em Crato, no caso Joel Robson, praticou crime de violência doméstica em maio de 2015 contra Maria Keivila Pereira Amorim. Já no dia 11 de agosto de 2016, no bairro Seminário, ele foi preso na Rua Engenheiro Francisco de Paula. Foi presa, também, sua companheira Cicera Edilânia de Sousa Alves, então com 34 anos, e os PMs apreenderam 13 papelotes de cocaína, 68 pedras de crack, 55 papelotes de maconha, notebook, tablet, cinco celulares, relógio e R$ 580,00.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !