"Besouro" é preso e seu irmão apreendido suspeitos de mandarem matar homem em Crato.

Foto: Vc repórter/WhatsApp

Crime ocorreu na noite do domingo, dia 21 no bairro Batateiras, em Crato. Vitima foi assassinada no quintal de casa por um adolescente de 15 anos que foi apreendido.

Dois irmãos, um de 19 anos foi preso e outro de 17 apreendido nesta terça-feira (23), apontados como mandantes do homicídio ocorrido na noite do último domingo (21) no Bairro Gizélia Pinheiro (Batateiras), em Crato. Durante a ação, a polícia fez a apreensão de 61 gramas de cocaína, 130 de maconha, 01 grama de Crack, uma balança de precisão, vários sacos para embalar droga, três munições calibre .38 e dois aparelhos de telefonia celular em poder dos suspeitos.

De acordo com o registro policial, hoje por volta das 08h30min a composição da viatura Policial militar CP 2425, fora informar ao menor D.S. da S., 17 anos residente na Rua Otacílio Anselmo, Bairro Vila Alta sobre uma condução coercitiva, onde o mesmo seria encaminhado até o Fórum da Comarca do Crato para uma audiência de instrução na condição de testemunha.

Chegando ao local, os militares foram informados por populares que o adolescente na companhia do irmão, Edgladson Soares da Silva, vulgo “Besouro”, de 19 anos estavam pulando os muros vizinhos da residência. Na fuga a dupla deixou para trás, os itens apreendidos. Na sequencia os dois foram capturados pelos PM’S e apresentados juntamente com os produtos da apreensão na Delegacia Regional de Polícia Civil do Crato.

Produtos ilícitos apreendidos pela Polícia Militar em poder dos suspeitos Foto: Vc repórter/WhatsApp

  • SAIBA MAIS

Segundo a PM, os dois são irmãos, são suspeitos de serem o mandante do homicídio em que foi vítima, Atilson Sirino dos Santos, que se hoje estivesse vivo estaria completando 21 anos de idade. Ele foi morto por volta das 20h30min do último domingo com seis tiros, atingido cabeça e tórax morrendo. De acordo com a polícia, “Besouro” e D.S. da S teriam contratado um primo deles menor de idade conhecido pelo apelido “Joninha” para matar o homem. O executor foi apreendido na manhã de ontem pelo policiamento do RAIO e conversou a autoria do homicídio, diz a polícia.

Reportagem de Jota Lopes/Agência Cariri Ceará

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !