Auxílio Brasil: clientes chegam de madrugada e formam fila de dobrar quarteirão para receber benefício no Ceará

Clientes formam fila em agência da Caixa em Fortaleza para receber o Auxílio Brasil no primeiro dia de pagamento do benefício — Foto: Kilvia Muniz/TV Verdes Mares

Veja quem recebe, calendário de pagamentos e tire outras dúvidas.

O governo federal começa a pagar nesta quarta-feira (17) o Auxílio Brasil – programa que substitui o Bolsa Família. Em Fortaleza, agências da Caixa Econômica amanheceram com longas filas. Os clientes começaram a chegar na madrugada para garantir um lugar na fila, que dobrou quarteirão.

Um casal acompanhado de um filho de três meses chegou ainda pela madrugada em uma agência na Avenida Francisco Sá, no Bairro Jacarecanga.

"Chegamos antes das 5 horas da manhã. Por volta das 4h40 já estávamos por aqui. Nós não somos cadastrados no Bolsa Família. Não somos beneficiários. Minha esposa veio aqui pela primeira vez tentar fazer o cadastro, vamos tentar entrar neste Auxílio Brasil. Não trabalho no momento, faço apenas bicos", afirmou o desempregado Cícero Moura.

Na agência da Caixa na Avenida Francisco Sá, um toldo foi montado para abrigar os beneficiários da chuva e dol sol que aguardam na fila.

Em Sobral, a 245 km de Fortaleza, muitas pessoas relataram dúvidas sobre o benefício. Alguns querem saber se eles se encaixam no perfil para receber a ajuda. Na Caixa Econômica no Centro da da cidade, filas dobravam quarteirão. As fichas começaram a ser entregues ainda pela madrugada.

A dona de casa Beatriz Moura chegou cedo e recebeu mensagem no aplicativo informando que ela estava apta a receber o auxílio. A quantia de R$ 201 vai ser usada para pagar a alimentação dos filhos.

“Disseram que fui aprovada para receber R$ 201. Já era cadastrada pelo Bolsa Família. Achava que nem iria receber essa ajuda. Graças a Deus eu recebi já vai ajudar meus filhos. Uma renda extra”, disse.

Quem vai receber?

Neste mês de novembro, o Auxílio Brasil será pago a quem já era beneficiário do Bolsa Família – exceto aqueles que, ao longo do mês de outubro, tenham deixado de atender as regras do próprio bolsa. Serão cerca de 14,6 milhões de beneficiários.

Nesta quinta, recebem os beneficiários com número do NIS terminado em 1. Quem tem NIS terminado em outros dígitos receberá ao longo dos próximos dias – veja no calendário mais abaixo.

Quem recebeu o Auxílio Emergencial, mas não recebia Bolsa Família, não está automaticamente incluído no Auxílio Brasil.

Quem ainda não recebia Bolsa Família, mas está inscrito no Cadastro Único e atende os requisitos do programa, poderá ser incluído nos próximos meses, mas não há garantias nem prazos. O Ministério da Cidadania promete adicionar mais 2,4 milhões de beneficiários em dezembro.

Quem ainda não está no CadÚnico precisa se inscrever para ser considerado para o programa. Veja aqui como se inscrever.

EM RESUMO:

  • Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente este mês
  • Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva, e pode receber o Auxílio Emergencial no futuro, caso se enquadre nas regras do programa
  • Se não está no CadÚnico: é preciso buscar um Cras para registro, sem garantia de receber

Calendário de pagamentos

O pagamento do Auxílio Brasil, assim como era com o Bolsa Família, será feito pelo dígito final do NIS dos beneficiários.

Calendário do Auxílio Brasil — Foto: Economia g1

Por g1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !