Acusado de matar garota a facadas em Brejo Santo e se auto esfaquear morreu no HRC

0
“Leléu” matou sua ex-namorada Letícia a golpes de faca e se auto esfaqueou em Brejo Santo/ Foto: Reprodução

Na manhã do dia 17 de novembro ele tinha se auto esfaqueado no pescoço

O entregador José Leonardo Agostinho de Sousa, de 23 anos, o “Leléu” que residia na Rua Manoel Adelino da Silva (Bairro Morro Dourado) em Brejo Santo, morreu na madrugada desta sexta-feira num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro. Na manhã do dia 17 de novembro ele tinha se auto esfaqueado no pescoço após matar sua ex-namorada Maria Letícia da Silva, de 20 anos, num crime de feminicídio.

Ela residia na Rua Leopoldo Basílio Pinheiro (Bairro Capilé) em Brejo Santo, mas foi morta a facadas na casa onde trabalhava como babá na Rua Farmacêutico Vicente Alves de Santana no bairro Baixio dos Lopes. O mesmo tentava em vão reatar o namoro e, por volta das 11 horas daquele dia, foi até o local onde Letícia trabalhava inicialmente com o pretexto de entregar um garrafão de água e, depois, chamá-la para uma nova conversa.

A garota foi atraída até a garagem do imóvel em cujo local o entregador passou a desfechar os golpes. Em seguida, usou a mesma faca e praticou autolesão no pescoço quando terminou socorrido pelo SAMU quando esteve sob a escolta de policiais militares no HRC em Juazeiro até morrer nove dias depois. O corpo de “Leléu” foi recolhido esta manhã, a fim de ser necropsiado na Perícia Forense do Cariri antes de ser entregue à família para providenciar o sepultamento.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.

Selecione o modo incorporado para mostrar o sistema de comentários!*

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !
To Top