Teleférico de Barbalha, no Cariri, será inaugurado em outubro, anuncia Camilo Santana

Legenda: O teleférico de Barbalha terá capacidade para transportar 660 pessoas por hora - Foto: Antonio Rodrigues

Os bondinhos do Horto, em Juazeiro do Norte, também devem ser lançados para o público ainda neste ano

Obra que começou em 2016, mas existe no papel há quase dez anos, o teleférico de Barbalha, município da Região do Cariri do Ceará, será inaugurado em outubro. A novidade foi anunciada pelo governador Camilo Santana nesta quarta-feira (29), em entrevista à TV Verdes Mares Cariri. 

Segundo o chefe do Executivo Estadual, o equipamento está em fase de testes há um mês, e já se encontra pronto para o lançamento. O investimento do Governo do Estado na intervenção foi de R$ 14 milhões.

O equipamento interligará a Vila do Caldas até o Mirante do Cruzeiro, de onde é possível ver o vale do Cariri, as cidades de Juazeiro do Norte, Crato, e Barbalha, além de uma vista privilegiada da Chapada do Araripe. 

Teleférico terá capacidade para transportar até 660 pessoas por hora, percorrendo uma distância de 550 metros, a aproximadamente 150 metros de altura, em velocidade normal de 1,4 m/s

TELEFÉRICO DE JUAZEIRO DO NORTE 

Outra grande atração que gera expectativa no povo caririense e também para turistas deve ser entregue ainda neste ano: o teleférico com bondinhos em Juazeiro do Norte.

Segundo Camilo, a previsão é que toda a estrutura, com "equipamentos ultramodernos", fique pronta até novembro. O governador indicou que as cabines já estão sendo testadas. 

"Expectativa é que em novembro fiquem prontos os acabamentos externos, para que a gente possa inaugurar até o fim do ano", comentou o governador. 

No último dia 12 de setembro, Camilo divulgou nas redes sociais imagens da execução das obras da estrutura, que terá ponto de partida no Horto. À época, as obras estavam com 80% de acabamento. 

CABINES CLIMATIZADAS 

Conforme o governador, todas as cabines serão climatizadas. Cada uma delas deve ter capacidade para oito passageiros. O percurso é de dois quilômetros entre as  estações Romeiros (inferior) e Horto (superior), a uma altura de 200 metros.

Os 26 equipamentos do teleférico foram fabricados na Áustria. O projeto abrange ainda a urbanização do entorno das duas estações, que terão estacionamento, quiosques, banheiros, entre outras estruturas. 

A ideia é que, nos 7 minutos e 30 segundos de cada trajeto, turistas tenham uma vista privilegiada de Juazeiro do Norte e da Chapada do Araripe, ao fundo.

O teleférico do Horto conta com investimento de R$ 71 milhões, com verba do Tesouro do Estado e do Governo Federal. As peças chegaram ao Ceará vindas da Europa no início de julho deste ano. Agora, a previsão de entrega do equipamento é até o fim de 2021.

OBRAS NO ROMEIRÃO 

Em entrevista ao apresentador Paulo Ernesto, do CE TV 2ª Edição, Camilo Santana ainda deu atualizações sobre as obras do estádio Mauro Sampaio (Romeirão), em Juazeiro do Norte. 

Legenda: A Arena Romeirão terá capacidade para 17 mil pessoas - Foto: divulgação

Alvo de um projeto de modernização para poder receber mais jogos, inclusive do Campeonato Brasileiro, o Romeirão deve ser entregue até o início de 2022, conforme o governador cearense. 

"Vai ser o melhor estádio de interior do Brasil", definiu Camilo, pontuando que o objetivo é aquecer a economia do Cariri com uma "grande e moderna arena". Ele confirmou que o Estado segue em articulações com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

No início de setembro o governador detalhou o plano para o Romeirão. 

"A ideia do Romeirão é tirar esses jogos só de Fortaleza e levar ao interior. O Cariri é o centro do Nordeste, tem aeroporto e estrutura hoteleira para receber os times nacionais, e pode receber jogos do Campeonato Brasileiro. Estamos em articulação com a CBF. Hoje só tem o Castelão tendo jogo, e a quantidade de jogo é tão enorme que tem afetado o gramado", informou Camilo. 

O estádio terá capacidade para 17 mil pessoas e será apto para sediar outros eventos. Financiado pelo Governo do Estado, e sob responsabilidade da Superintendência de Obras Públicas (SOP), a obra custará R$ 80 milhões.

Fonte; Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !