Capitão Wagner faz ofensiva no Cariri de Camilo Santana em pré-campanha para 2022

Legenda: Capitão Wagner, que é pré-candidato a governador, segue em viagens pelo interior - Foto: Reprodução

Pré-candidato a governador, o deputado faz viagens pelo interior para captar aliança política

Em mais uma investida para atrair aliados políticos e formar grupos de apoio no interior, o deputado federal Capitão Wagner (Pros) foi ao Cariri, região onde a maioria dos prefeitos é da base do governador Camilo Santana (PT), para cumprir uma série de agendas e pavimentar caminho da pré-campanha ao governo do Estado.  

A visita na maior região do Ceará, com 29 municípios, ocorre dias depois de o pré-candidato anunciar seus coordenadores políticos em Fortaleza e na Região Metropolitana

É do Cariri também o empresário Gilmar Bender, ex-aliado dos irmãos Ferreira Gomes e ex-candidato a prefeito de Juazeiro do Norte pelo PDT, que agora figura nos bastidores como possível pré-candidato a vice na chapa de Wagner. A indicação é do próprio parlamentar. 

A última vez que Wagner esteve na região foi em agosto, quando visitou Juazeiro e dividiu o mesmo palanque do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O chefe do Executivo nacional, durante cerimônia de entrega de residência do Programa Casa Verde e Amarela, indicou apoio na possível candidatura do parlamentar ao Palácio da Abolição. 

No mesmo evento esteve também o prefeito de Juazeiro, Glêdson Bezerra (Podemos), que emplacou um discurso de elogios ao presidente. Glêdson almoçou com Wagner nessa sexta (15) ao lado de aliados.

IMPORTÂNCIA DO CARIRI  

A investida na região Sul do estado torna-se simbólica por se tratar da terra do governador, que é natural de Crato e iniciou a vida pública em Barbalha.  

Wagner se reuniu com apoiadores em Juazeiro do Norte, Farias Brito, Tarrafas, Assaré, Aurora, Crato e Abaiara.  

“Cariri é uma região importante, além do Crajubar (Crato, Juazeiro e Barbalha), temos cidades que tradicionalmente decidem eleições. Cidades grandes com potencial de eleitores muito bacana, e que necessidades que precisam ser escutadas durante esse processo de pré-campanha”, disse o deputado.  

Wagner mira em uma região relevante politicamente, e com alta densidade de eleitores. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), somente os municípios do Crajubar somam mais de 305 mil pessoas aptas a votar.  

A investida se dá mesmo em cidade onde o prefeito são base do atual governo. No Crato, por exemplo, o prefeito José Ailton Brasil é do mesmo partido do governador.  

Na Assembleia Legislativa, os deputados caririenses também são da base de Camilo. Foram eleitos (ou estão como suplentes) com alta representatividade na região os deputados Guilherme Landim (PDT), de Brejo Santo; Davi de Raimundão (MDB), de Juazeiro do Norte; Rafael Branco (MDB), do Crato; Nelinho (PSDB), de Juazeiro do Norte e Fernando Santana (PT), de Barbalha. 

PAPEL DO MDB 

Nos bastidores, especula-se que uma das estratégias de Wagner é se aproximar do MDB. No cálculo, o partido do ex-senador Eunício Oliveira seria importante levando em conta o tempo de televisão e rádio, e o número de prefeitos que poderiam ajudar na articulação do interior.  

Mesmo sendo atual aliado do governador, interlocutores acreditam que Eunício abriria espaço para que a sigla permanecesse próxima de Wagner no ano que vem, uma vez que Camilo é cotado para disputar uma vaga no senado.

À reportagem, no entanto, o ex-senador Eunício afirmou que não tem conversado com Wagner a respeito de 2022 e que o partido ainda faz pesquisas internas para tomar as próximas decisões. Publicamente, o líder do MDB adota um tom de cautela para o ano que vem.

Alimentando a esperança de uma aproximação, Wagner reconhece a importância de poder contar com o apoio do partido já na pré-campanha. Um dos aliados de primeira hora é o deputado federal Moses Rodrigues, com representação na região norte.  

“Logicamente que o MDB é um partido grande, nos traz tempo de TV e Rádio. Já tem nos ajudado com Moses Rodrigues, e várias lideranças da Região Norte. O Moses tem sido um grande parceiro. Temos deputados, prefeitos, vereadores e lideranças do MDB que tem nos recebido de portas abertas, têm conversado conosco e escutado nosso projeto”, destaca ainda o deputado.  

VICE

Em Juazeiro, Capitão Wagner se encontrou com um grupo de médicos e empresários, entre eles Gilmar Bender, que nas últimas eleições entrou em rota de colisão com os irmãos Ferreira Gomes, ao apoiar Glêdson Bezerra à prefeitura.  

Internamente, Bender é ventilado como um possível pré-candidato em uma eventual chapa com Wagner. 

“O perfil do Bender é de um empresário de sucesso. Já teve uma experiência política disputando a eleição para prefeito em Juazeiro [...] Mas não podemos dizer que isso vai acontecer até porque ele não está filiado a nenhum partido da nossa base ainda”, ponderou.  

Procurado pela reportagem, Bender não retornou às ligações até a publicação da matéria. 

Escrito por Felipe Azevedo/Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !