Apesar de liberação estadual, municípios do Crajubar adiam retomada das aulas presenciais

Aulas presenciais podem ser retomadas com 100% da capacidade, mas municípios do Crajubar não planejam volta integral(foto: Fábio Lima)

Secretarias de Educação de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha (Crajubar) ainda não estipulam data para o retorno de 100% dos estudantes às salas de aula; decreto permitindo ensino presencial total começou a valer nesta semana

Apesar de o Governo do Ceará ter liberado o retorno do ensino presencial sem limite de capacidade nas salas de aula, os municípios do Triângulo Crajubar, na região do Cariri, decidiram adiar a volta integral dos estudantes às escolas. Em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, as Secretarias Municipais de Educação informaram que a retomada das atividades ocorrerá de forma gradual e que ainda não há previsão para a volta de 100% dos estudantes ao ambiente de ensino.

Dos três municípios, apenas o Crato já retomou parcialmente as aulas presenciais, com esquema de rodízio quinzenal e ocupação das salas limitada a 50%. Em entrevista à Rádio CBN CARIRI, a titular da Educação municipal, Germana Brito, alegou que as escolas ainda não estão preparadas para receber a totalidade de alunos matriculados. “Nós temos algumas unidades de ensino que ainda estão passando por reformas e, nesse momento, não temos condições de trazer logo os 100% dos alunos”, justificou a secretária.

Em Juazeiro do Norte, a Secretaria de Educação planeja o retorno das aulas presenciais somente em 3 de novembro. Segundo a titular da pasta, Pergentina Jardim, neste mês de outubro o município atravessará um processo de transição, em que pais e estudantes serão ouvidos sobre os protocolos de segurança a serem implementados nas escolas. Ela ainda acrescenta que a retomada será realizada de forma gradual, iniciando pelas turmas do ensino fundamental e infantil. “O mês de outubro será com atividades voltadas para as escolas de forma gradual, com aulões e simulados, reuniões com a comunidade escolar, a fim de testarmos os nossos protocolos. A partir de 03 de novembro voltaremos com séries específicas, que são o 5º e 9º anos, além das turmas do infantil 5”, detalhou.

Em Barbalha, a Prefeitura ainda não fixou data para o retorno dos estudantes às escolas. Segundo a Secretária de Educação, Jussara Luna, a volta será precedida de avaliações diagnósticas, cujo objetivo é medir os impactos da pandemia no processo de aprendizagem dos alunos. “A partir do resultado dessas avaliações, iremos fazer as intervenções através de reforço escolar”, afirmou, acrescentando que o município deve divulgar, em breve, um plano detalhado com todas as fases da volta presencial das atividades, que assim como nas outras cidades do crajubar, deve acontecer de forma progressiva.

Autor Luciano Cesário/O Povo Online

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !