Antes opositor, Gledson Bezerra diz que votará em Camilo para senador

GLÊDSON adiantou que, em 2022, vota em Camilo para o Senado Federa l(Foto:/Divulgação)

O aspecto curioso da fala reside no fato de Bezerra estar entre os gestores próximos ao deputado federal Capitão Wagner (Pros)

Prefeito de Juazeiro do Norte, Gledson Bezerra (Podemos) afirmou em entrevista a uma rádio do município que votará no governador Camilo Santana (PT) para o Senado Federal. O petista provavelmente disputará a vaga que hoje é de Tasso Jereissati (PSDB) no Legislativo. Nesse momento, o tucano emite sinais de que sairá da vida pública ao final do mandato federal. 

O aspecto curioso da fala reside no fato de Bezerra estar entre os gestores próximos ao deputado federal Capitão Wagner (Pros), líder do grupo que se opõe à coalizão que governa o Ceará, liderada por Camilo, pelo senador Cid Gomes e pelo ex-ministro Ciro Gomes, os dois últimos pedetistas. 

A oposição deixou 2020 com um balanço positivo das disputas municipais, pois contabilizou vitórias em cidades estratégicas, das mais importantes do Estado: Juazeiro do Norte (Gledson, do Podemos), Caucaia (Vitor Valim, do Pros), Maracanaú (Roberto Pessoa, do PSDB) e São Gonçalo do Amarante (Professor Marcelão, do Pros). A declaração do gestor de Juazeiro do Norte tem potencial de mudar a contagem.

"Não voto em partidos, eu voto em pessoas, e sempre me dei muito bem com o governador Camilo, uma relação tranquila. Votei nele para governador, isso eu disse, inclusive, durante um debate, e depois de eleito (prefeito de Juazeiro do Norte), embora não tenha sido o prefeito apoiado pelo governador, mas ele tem sido muito aberto", justificou o prefeito.

Um dos exemplos citados por ele para explicar o apoio antecipado a Camilo foram R$ 6 milhões solicitados pela Prefeitura de Juazeiro do Norte para subsidiar a manutenção do preço da passagem de ônibus. Gledson descreve a relação com o Palácio da Abolição como "muito tranquila", facilitada pelo vice-prefeito Giovanni Sampaio (PSD) e pelo deputado estadual Fernando Santana (PT). 

"Se ele não trabalhasse pela nossa cidade eu até diria, 'respeito você, mas não voto', mas é um cara que está trabalhando por nossa cidade, é um governante que atende aos nossos anseios. Então, eu já disse, reafirmo, se ele sair candidato a senador - embora não goste de falar sobre isso, faz parte da política - certamente teria nosso apoio", afirmou o prefeito.

Em 2020, Camilo apoiou a reeleição de Arnon Bezerra (PTB) contra Gledson. A cidade nunca reelegeu prefeitos, sina que se confirmaria novamente com a derrota do petebista.

Autor Carlos Holanda/O Povo Online

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !