Tiroteio esta madrugada em Juazeiro com um morto, outro ferido e casal preso

Renan morreu sobre sua moto no bairro Santa Tereza em Juazeiro (Foto: Reprodução)

A ação do quarteto começou com assalto em uma lanchonete no bairro Lagoa seca e se estendeu por vias públicas e outros estabelecimentos juazeirenses.

Um jovem morreu, um adolescente saiu baleado e um casal terminou preso. Esse foi o resultado após ações de um quarteto que veio de Crato em três motocicletas na noite desta quarta-feira com o objetivo de praticar arrastão assaltando pessoas em Juazeiro do Norte. Por volta das 2 horas da madrugada de hoje um tiroteio foi registrado na Rua José Marrocos em frente à Secretaria de Saúde de Juazeiro no bairro Santa Tereza.

No local, tombou sem vida sobre sua moto Honda Titan de cor vermelha e com um tiro nas costas Renan Oliveira Nascimento, de 18 anos, que residia no Sítio Currais no Baixio Palmeiras em Crato. Seu comparsa de iniciais F. G da S., de 16 anos, reside na Rua Joaquim Pinheiro Monteiro (Novo Lameiro) em Crato, saiu baleado num dos braços. Entretanto conseguiu seguir adiante na sua moto quando buscou atendimento no Hospital São Raimundo e terminou transferido ao Hospital Regional do Cariri.

A polícia foi acionada e diligenciou à procura dos autores dos disparos mesmo sem ter conseguido informações sobre a autoria o que, a princípio, estaria na perspectiva de suposta vítima ou algoz do quarteto cratense. Nas diligências se deparou com um casal numa moto nas imediações de um posto de combustível na Rua São Paulo. De início, a informação que teria fugido do tiroteio na condição de vítimas. Porém, na 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil, veio a descoberta que eram comparsas.

O adolescente de iniciais J. J de S. S., de 17 anos, reside na Rua Diógenes Frazão (Seminário), enquanto Larissa da Silva Gomes, de 22 anos, mora na Rua Tenente Antonio João naquele município. Com um deles, os PMs encontraram um celular roubado. A ação do quarteto começou com assalto numa lanchonete no bairro Lagoa seca e se estendeu por vias públicos e outros estabelecimentos juazeirenses, incluindo a área central de Juazeiro.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !