Suspeito de homicídios e tráfico de drogas é preso pela Polícia Civil em Juazeiro do Norte

Foto: Redes sociais

Davi da Silva Fernandes foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela justiça de Juazeiro do Norte. No momento da prisão, suspeito foi flagrado com certa quantidade de drogas embaladas para venda.

Agentes da Policia Civil do Núcleo de Homicídios (NHPP) e Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, deram cumprimento na manhã desta sexta-feira (10), a mandado de prisão em desfavor de Davi da Silva Fernandes, apelidado por “Alemão”, o qual é investigado em procedimento que apura crime de homicídio qualificado consumado, ocorrido na noite do 23 de maio desde ano no município.

Segundo as investigações, Davi é suspeito de juntamente com outro individuo conhecido pelo apelido por “Lá”, ter assassinado o jovem Manoel Messias de Souza Santos, de 20 anos, vulgo “Bel” que já possuía passagem policial como testemunha de porte ilegal de arma de fogo, o qual foi morto a tiros no cruzamento da Rua Tenente José Dias com a Assis Dias Sobreira, bairro Timbaúbas, quando uma mulher de nome Neirilene Gonçalves da Silva, de 29 anos, residente no bairro Limoeiro ficou ferida no ombro direito e socorrida pelo SAMU e levado para o Hospital Regional do Cariri.

A prisão do suspeito foi decorrente de mandado de prisão preventiva, sendo que no momento da ofensiva policial ainda foi encontrada com o suspeito certa quantidade de droga embalada para venda, havendo autuação por tráfico de drogas, concomitante ao cumprimento do mandado de prisão. Após ser preso, Davi foi encaminhado para a Delegacia e depois de ouvido conduzido a perícia forense para exame de corpo delito e na sequencia recolhido a cadeia pública de Juazeiro do Norte onde aguarda o pronunciamento do poder judiciário.

SAIBA MAIS 

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3572-1736, que é o WhatsApp do Núcleo de Homicídios e Proteção a pessoa de Juazeiro do Norte, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3572-1736, que é o WhatsApp do Núcleo de Homicidos e Proteção a pessoa de Juazeiro do Norte, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Reportagem de Jota Lopes/Agência Cariri Ceará

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !