Suspeito de estuprar criança desde que ela tinha 7 anos é preso em Araripe, no Cariri

Homem é preso por estupro de criança de 11 anos em Araripe, no interior do Ceará — Foto: SSPDS/Divulgação

Crime acontecia no município de Araripe, interior do estado. O preso era vizinho da criança atualmente com 11 anos.

Um homem de 51 anos foi preso por estupro de vulnerável na tarde desta segunda-feira (27) em Araripe, a 527 km de Fortaleza. O crime era cometido contra uma criança há quatro anos no distrito de Pajeú, na zona rural do município. As investigações iniciaram após uma denúncia anônima sobre o caso ser apresentada aos policiais civis de Araripe.

Ao receber a denúncia e tomar conhecimento do caso, a Polícia Civil registrou um procedimento para apurar o crime. De acordo com as investigações, o homem era vizinho da criança de 11 anos e praticava o crime dentro da sua própria residência. Os abusos eram cometidos desde quando a vítima tinha sete anos.

A polícia afirmou que a criança fazia alguns serviços na residência do homem e recebia alguns trocados já que a família da criança é muito carente. Segundo a polícia, ele aproveitava desta situação e cometia o estupro.

O homem foi submetido a exame cautelar na Perícia Forense do Cariri e encaminhado à cadeia pública de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri e se encontra à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser feitas ainda para o (88) 3530-1685, telefone da Delegacia Municipal de Araripe.

Por g1 CE

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !