Morador de rua é raptado em Juazeiro e encontrado amarrado e com marcas de torturas

Acusados e vítimas foram encontrados numa casa na Avenida Carlos Cruz (Foto: Reprodução)

A polícia encontrou a vítima amarrada em uma casa na Avenida Carlos Cruz e ali também estava os quatro acusados, que foram presos.

O morador de rua Antonio Cláudio de Paula Neto, de 21 anos, foi raptado, amarrado e torturado na tarde desta quarta-feira em Juazeiro sob acusação de um suposto assalto praticado na Rua Monsenhor Esmeraldo. A polícia tomou conhecimento do rapto e, imediatamente, passou a diligenciar quando prendeu quatro acusados e resgatou a vítima. Inclusive, as prisões em flagrante foram protocoladas às 11 horas de hoje junto à 2ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro e vão responder por crime de tortura.

O fato aconteceu por volta das 17 horas quando a CIOPS (Coordenadoria Integrada de Operações e Segurança) foi avisada do rapto. Uma patrulha do POG comandada pelo Subtenente Vieira e a equipe RAIO 07 tendo à frente Sargento Valdeir souberam que o quarteto tinha levado o morador de rua num veículo Gol de cor prata e placas OKC-2381 o qual havia adentrado a garagem de uma casa na Avenida Carlos Cruz no mesmo bairro Franciscanos.

No imóvel, Antonio Cláudio foi encontrado amarrado num dos cômodos e ali estava os quatro acusados. Tarcísio Medeiros, de 35, reside na Vila Fátima; Jonas Ismael Silva de Oliveira, de 20, mora no bairro Juvêncio Santana; Cícero Roberto da Silva Santos, de 33, reside no Jardim Gonzaga; e Ervesson Tavares Santos, de 24 anos, é morador do bairro Frei Damião. Todos foram levados à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil juntamente com a vítima que responde procedimento por tráfico de drogas.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !