Jovem morto a tiros numa fábrica em Várzea Alegre enquanto trabalhava

“Dandinho” foi executado a tiros dentro de uma fábrica em Várzea Alegre (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O crime aconteceu no interior de uma fábrica de panelas que funciona no bairro Alto do Tenente naquele município.

Maria de Fátima Mais um jovem que usava tornozeleira eletrônica foi vítima de homicídio à bala na região do Cariri. Por volta das 09h30min desta sexta-feira Anderson Gonçalves Bezerra, de 26 anos, o “Dandinho”, que residia no bairro Varjota em Várzea Alegre, foi executado a tiros enquanto trabalhava. O crime aconteceu no interior de uma fábrica de panelas que funciona no bairro Alto do Tenente naquele município.

Dois homens chegaram numa moto Honda Bros de cor preta e um deles invadiu o estabelecimento do polo metal mecânico. Ai se deparar com “Dandinho” passou a efetuar disparos de arma de fogo e a vítima correu tombando sem vida na via pública. Em junho de 2020 ele passou a responder procedimentos ao ser investigado por ataques criminosos ateando fogo em prédios e ônibus de Várzea Alegre. Inclusive, teve a preventiva decretada pela vara de delitos de Organização Criminal de Fortaleza.

Este foi o quarto homicídio de 2021 em Várzea Alegre ou 40% em relação aos dez assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha acontecido na noite do dia 22 de agosto quando João Alves da Silva, de 46 anos, o “João Aleijado”, foi morto a tiros na calçada de sua casa na Rua Joaquim Gomes Fiuza (Bairro Zezinho Costa) por dois homens numa moto. Ele respondia por homicídios, porte de arma, tráfico de drogas, violência doméstica, crime de trânsito e ameaça.

Reportagem de Demontier Tenório/Agência Miséria

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

buttons=(Accept !) days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saber mais
Accept !